GNR recupera dois cães furtados e alvo de maus tratos

O Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Coruche recuperou dois cães furtados, nos dias 2 e 5 de Novembro, em Samora Correia.

O primeiro cão foi encontrado pelos militares acorrentado, sem abrigo nem comida, com sinais evidentes de subnutrição, no dia 2 de Novembro, após uma acção de fiscalização direccionada para o bem estar animal e com base numa denúncia da Linha SOS Ambiente e Território.

O animal foi de imediato recolhido e entregue no Canil Municipal de Benavente para prestação de cuidados veterinários, onde verificaram que o animal tinha chip de identificação, o que levou à localização do seu detentor. Quando contactado, foi possível apurar que o animal havia sido furtado no dia 8 de Agosto, na localidade de Vila Franca de Xira, tendo então sido recuperado pelos militares e entregue ao seu proprietário.

Passados três dias, na sequência de uma fiscalização no mesmo local com o intuito de verificar se existia algum animal na mesma condição do animal recuperado, os militares acabaram por encontrar um outro cão acorrentado, igualmente sem abrigo nem comida, com sinais de desidratação, tendo sido de imediato recolhido.

A GNR conseguiu identificar o seu detentor, através do chip de identificação e apurar que o animal havia sido furtado da Quinta do Conde, no dia 17 de Outubro, tendo sido entregue ao seu proprietário após a prestação de cuidados veterinários no Canil Municipal de Benavente.

A GNR continua as diligências para identificar o autor do furto dos respectivos animais.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

Deixar uma resposta