Jovem de 24 anos que deixou avó em coma profundo acusado de dois crimes

Um jovem, operário da construção civil e com 24 anos de idade, que agrediu a avó de 81 anos e uma vizinha, em Santarém, foi acusado no passado dia 14 de Fevereiro, pelo DIAP de Santarém pelos crimes de ofensa à integridade física qualificada e outro de ofensa à integridade física simples.

Segundo a investigação, dirigida pelo Ministério Público, o arguido é indiciado por agredir a avó e um vizinha, a 11 de Outubro de 2018, e segundo a mesma nota por “motivos fúteis”.

A acusação deixa nota da “actuação violenta do arguido”, da qual resultaram “lesões na idosa, que permanece hospitalizada desde então”. O suspeito encontra-se em prisão preventiva desde Novembro, altura em que foi detido.

Depois de acusado, inicia-se o prazo de abertura de o prazo para eventual abertura de instrução que, não sendo requerida, determinará a remessa do processo para julgamento com tribunal colectivo, em Santarém.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS