Teresa Oliveira, tem 29 anos, e é médica interna na especialidade de Medicina Intensiva nos Hospitais do Médio Tejo. 

Desde o início da pandemia que entra na área dedicada ao tratamento de doentes com Covid-19, nos Cuidados Intensivos. O que encontra dentro deste serviço fê-la, mais uma vez, lançar o apelo “Por favor, fique em casa”.

“Muitas das pessoas que aqui estão internadas são mais novas que os meus pais, alguns deles têm a idade dos meus irmãos mais velhos e muitos não tem outros problemas ou comorbilidades”, destaca a profissional de saúde.

PUBLICIDADE

E, no final deste relato Teresa Oliveira pede “por favor, fiquem em casa”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Transmissão comunitária preocupa autarcas de Santarém

Os autarcas de Santarém estão apreensivos com a evolução negativa da situação…