O estabelecimento “Calçado Plaza” funcionava na avenida dos Combatentes, pelo menos desde 1952 e pertencia a Fernando Plaza. Aí, encontravam-se as últimas novidades em alta sapataria, mas também calçado “para homem e criança, botins em todos os tipos, botas altas tipo oficial nas melhores pelarias nacionais e estrangeiras” (CR, 25/12/1953, p. 3).

A 3 de Setembro de 1955, Fernando Plaza, Amândio da Costa e Sousa e Ilda Alberto de Carvalho fizeram uma escritura no notário de Miguel Coelho dos Reis onde criaram a firma “Plaza & Sousa”, destinada a comercializar sapataria e derivados. O capital social da firma era 100 mil escudos, distribuído em quotas de 40 mil escudos, 50 mil escudos e 10 mil escudos, respectivamente.

A nova sapataria abriu a 28 de Novembro de 1955 e situava-se na praça Sá da Bandeira, números 1 e 2. Este moderno estabelecimento tinha o “exclusivo das fábricas de alta sapataria Dior e Lys, de Lisboa, além de muitas outras marcas que compõem uma variadíssima existência de calçado para homem, senhora e criança. Não receamos afirmar que ficará sendo a melhor sapataria do Ribatejo e a que melhor poderá servir em qualidade e preço” (CR, 12/11/1955, p. 7).

PUBLICIDADE

A sapataria Plaza era um “estabelecimento que primava pelo bom gosto, de linhas modernas e decorações atraentes, trata-se dum inegável melhoramento para a estética do local, muito ganhando com a artística fachada à entrada da praça Sá da Bandeira” (CR, 3/12/1955, p. 2).

Teresa Lopes Moreira

PUBLICIDADE
Leia também...

Correio do Ribatejo Centenário: “Ribatejo Cortado ao Meio”

Ribatejo Cortado ao Meio Transito rodoviário interrompido entre Santarém, Almeirim e Alpiarça.…

Memórias da Cidade: “A fúria do ciclone que devastou o país”

Os anos da guerra continuavam a assolar a Europa com graves repercussões…

Memórias da cidade: Ginástica Sueca

A ginástica sueca foi criada pelo militar e instrutor de esgrima Pehr…

A Gripe Pneumónica em 1918 “ Da fome, da guerra e da pestilência livrai-nos Senhor!” (Oração medieval)

As três ameaças medievais ressuscitaram em 1918, num período em que o…