A Mercadona, maior cadeia espanhola de supermercados, anunciou que vai construir um bloco logístico em Almeirim, dando suporte à expansão que a rede de supermercados pretende para a região de Lisboa.

A confirmação do investimento foi dada por Juan Roig, presidente da empresa, que revelou já ter assinado o contrato para abrir um bloco logístico em 2023 em Almeirim e apenas aguarda pelas autorizações das entidades oficiais para iniciar a sua construção.

A maior infra-estrutura logística da empresa em Portugal terá 420 mil metros quadrados, será totalmente automatizada e terá uma capacidade projectada já para quando a marca tiver 150 lojas no país.

PUBLICIDADE

Pedro Ribeiro, presidente da Câmara de Almeirim, revela em declarações ao Correio do Ribatejo, que a negociação com a empresa já dura há vários anos e que este é um investimento marcante para o concelho.

A área logística de Almeirim será dez vezes superior à da Póvoa de Varzim e estará localizada fora da Zona Industrial da cidade.

Já em Julho passado, Elena Aldana, a porta-voz da empresa em Portugal, destacava que este bloco logístico tem “uma dimensão enorme para a escala de Portugal” e detalhou que “vai servir também a zona Centro, o Alentejo, o Algarve e dar ainda apoio a Espanha porque muitas mercadorias entram [na Europa] através dos portos portugueses”.

A cadeia de supermercados deverá abrir a sua primeira loja em Lisboa daqui a dois anos, em 2023, tendo terminado 2020 com 20 supermercados instalados no norte do país.

O presidente da Mercadona revelou que a facturação média em cada um dos supermercados que tem em Portugal é 10% superior à facturação média realizada em Espanha.

A empresa indicou que vai continuar a impulsionar o seu plano de transformação 2018-2023 e, para isso, tem previsto investir 1.500 milhões de euros em 2021 (150 milhões de euros em Portugal), que destinará, principalmente, à abertura de 97 novos supermercados, 88 em Espanha e nove em Portugal.

Entre outras coisas, vai ainda remodelar 88 supermercados e implantar uma nova secção de “pronto a comer” em outros 200 supermercados. A Mercadona conta criar “mais de 1.600 postos de trabalho estáveis e de qualidade” em 2021, 500 deles em Portugal.

A empresa com sede em Valência tem 1.621 lojas em Espanha e 20 em Portugal e realizou durante o ano passado investimentos de 1.387 milhões de euros em Espanha e 113 milhões em Portugal.

PUBLICIDADE
Leia também...

‘Casa em Santarém’ nomeada para o prémio internacional de arquitectura

O projecto ‘Casa em Santarém’ da empresa dp arquitectos está nomeado para…

Moinho de Fau e Restaurante no Jardim das Portas do Sol colocados em hasta pública

A Câmara Municipal de Santarém vai realizar um hasta pública, no próximo…

Rotary Clube de Santarém distingue Sílvia Carreira como profissional do ano

Sílvia Carreira, directora técnica do Lar Gualdim, do Centro Social Interparoquial de…

“Os pequenos produtores não podem ser abandonados”

João Mendes – Fio Dourado DIVULGAÇÃO APRODER O lagar de azeite da…