Foi fundada este sábado, dia 7, a Associação de Vizinhos de Marvila, numa Assembleia Constituinte realizada em ambiente informal na pastelaria Bijou 3, em Santarém, com a participação de cerca de 40 moradores.

Partido de uma ideia dinamizada por José Brilhante, a Associação de Vizinhos de Marvila aprovou, para além dos corpos sociais, um conjunto de propostas que visam melhorar a qualidade de vida nesta zona da cidade de Santarém.

Segundo dizem, Santarém cresceu tomando o espaço do Sacapeito. Habitações e comércios trouxeram vida, as ruas comunicam vivências e proximidade com os saberes do ensino; o crescimento foi ordenado na medida das urbanizações e do seu tempo. Com o crescimento da densidade populacional foi crescendo a carência do espaço de fruição pública.

“Hoje sentimos a falta de mais “lugares de liberdade”, de espaços verdes e equipamentos de usufruto comunitário e essa carência tornou necessário um novo diálogo com a Câmara e a Freguesia, tornou necessário um interlocutor: a Comissão/Associação de Moradores do Sacapeito/Marvila, conforme a vontade comum”, assinalam.

“Aquilo que pretendemos é, naturalmente, criar aqui condições, com a experiência que cada um de nós tem, quer em termos profissionais quer em termos do mundo que conhecemos”, disse ao Correio do Ribatejo João Carvalho, vice-presidente desta recém-criada associação.

“O que pretendemos é transformar a rua e o bairro, a zona de Marvila, numa zona melhor para viver. Que seja agradável, que seja mais segura, em termos de trânsito, que é um dos grandes problemas.

A forma como o trânsito acontece à volta dos centros escolares. Queremos dar a nossa opinião e participar nesta construção daquilo que pode ser um Santarém melhor. Não faz sentido uma cidade com 30.000 pessoas ter os problemas de trânsito que tem”, acrescentou o responsável, dizendo: “temos obrigação de tentar criar condições para estarmos melhor.”

Entre outras propostas, a Associação de Vizinhos de Marvila defende o ajardinamento e construção de um Centro de Convívio na Av. Madre Andaluz; a municipalização do Centro de Juventude, com a construção de um Skate Parque nas suas traseiras, para além da construção de um miradouro sobre a Lezíria.

“Esta zona da cidade é uma das mais populosas, mas tem um problema acrescido: é a única que não tem um único jardim onde as pessoas se possam juntar, onde os miúdos possam brincar ou andar de bicicleta”, disse João Carvalho.

“Não há um Skate Parque, um parque infantil com condições… não faz sentido nenhum. Queremos que haja condições para habitar este bairro, que tem que ser agradável, com condições de acessibilidade, para todos: temos que ter segurança, passar numa passadeira com segurança”, defendeu.

Dizendo que esta associação nasce “exclusivamente da vontade popular”, João Carvalho diz que o que a move é, somente, “transformar a zona num local aprazível”: “não há qualquer relação partidária”, esclarece.

“Fizemos questão de reunir todos os quadrantes políticos. Nós queremos ajudar que o próprio executivo possa perceber as necessidades que cada um dos bairros ou ruas têm, e que se possa trabalhar em conjunto para chegar a soluções. Queremos ser sempre uma ajuda”, afirmou.

Nesta assembleia constituinte foram instituídos os órgãos sociais da nova Associação: Mesa da Assembleia Geral: Pedro Braz, Presidente; António Campos, Vice- presidente; Filipa Ribeiro, Secretária. Conselho Fiscal: Hélia Félix; Rui Coelho e Carlos Cruz.

Direcção: Ludgero Mendes, Presidente; José Brilhante e João Carvalho, Vice-presidentes; Vítor Lima, Administração; Pedro Bernardino, secretário; Mário Galveias, Vítor Franco, André Gomes, Carlos Ivo, Pedro Coimbra e Celso Braz, como vogais.

Integram ainda a associação, como suplentes, António Pina, José Alpalhão, Helena Jorge, Valdemar Marcelino, João Medina, Mateus Prieto e Manuela Marques.

Filipe Mendes

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.