Nova conduta adutora melhora abastecimento de água no concelho de Torres Novas

As obras de construção de uma nova conduta adutora, que devem iniciar em Outubro e têm um prazo de execução de seis meses, vai permitir abastecer as povoações da Mata, Chancelaria, Pafarrão, Lugarinho e Maçaroca a partir do Reservatório de Outeiro Grande. O contrato assinado pela Águas do Ribatejo (AR) EIM e a construtora Aquino Construções, SA tem o valor de 389.221,20 euros.

Estas povoações passam a serem abastecidas pelo sistema da EPAL a partir de Outeiro Grande.

Os trabalhos a realizar consistem na execução da nova adutora com cerca de 2138 metros de cumprimento para ligar graviticamente os dois reservatórios. O objectivo principal é abastecer as redes de distribuição servidas pelo reservatório de Rendufas (“Subsistema da Mata”) a partir do sistema em “alta” sob gestão da EPAL.

PUBLICIDADE

Pedro Ferreira, vogal do Conselho de Administração da AR e Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas explica que “será reforçada a fiabilidade, segurança e qualidade do serviço prestado, garantindo que o abastecimento de água de qualidade ocorre de forma regular durante todo o ano”.

Recorde-se que a qualidade da água distribuída a partir do Reservatório de Outeiro Grande é de excelência com o cumprimento de 100% dos parâmetros analisados por entidade certificada.

Segundo Pedro Ferreira, a ligação gravítica com origem no reservatório de Outeiro Grande “permitirá ainda a desactivação da captação da AC1 da Mata, dado que esta se encontra fora de serviço”.

A nova conduta de ligação entre os reservatórios será constituída por uma tubagem em Polietileno de Alta Densidade PEAD DN125 reduzindo o risco de roturas e com uma vida útil prevista para um horizonte de longo prazo.

As redes de fibrocimento, nomeadamente troço de adução e distribuição do reservatório de Outeiro Grande e o troço de distribuição do reservatório de Rendufas, serão substituídas por Polietileno de Alta Densidade PEAD. A empreitada contempla também a execução de novos recintos e a reabilitação da câmara de manobras nos reservatórios existentes em Rendufas e Outeiro Grande.

Esta operação financiada apenas com capitais próprios da AR insere-se no plano de investimentos previsto para o concelho de Torres Novas na área do abastecimento de água com o objectivo de reduzir as fragilidades existentes nos sistemas mais antigos.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS