Ourém aprova orçamento no valor de 42,9 ME

O Município de Ourém aprovou o orçamento para 2019 no valor de 42,9 milhões de euros, com os votos contra da oposição (PS), disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara, Luís Albuquerque.

Luís Albuquerque (Coligação Ourém Sempre – PSD/CDS) explicou à Lusa que foi aprovado, na última reunião de câmara, na segunda-feira, um orçamento no valor de 42.961.350 euros, que se traduz num “acréscimo de 7,55% face ao orçamento de 2018”.

Segundo o presidente, o documento prevê um investimento de 3,2 milhões de euros para a Educação e 5,5 milhões de euros para o saneamento nas freguesias de Fátima, Espite e Matas e Cercal.

“Um dos grandes objectivos é o urbanismo. Vamos dar sequência ao Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) na cidade de Ourém e avançar com a reabilitação da estrada da Loureira, que é fundamental nas acessibilidades a Fátima, que terá um investimento de 7,3 milhões de euros”, revelou Luís Albuquerque.

Segundo o presidente, haverá ainda um “acréscimo no desenvolvimento económico”, com a atribuição de 2,6 milhões de euros para a instalação da StartUp-Ourém, para a aquisição de terrenos na zona industrial de Freixianda e ampliação da zona industrial de Caxarias.

“Temos um investimento total directo previsto de 16 milhões de euros, um aumento de 2,8 milhões de euros”, informou.

O Município de Ourém já tinha também aprovado, por unanimidade, a redução da taxa de IMI de 0,33 para 0,325% para os prédios urbanos.

“Esta medida tem um significado especial para nós, porque sempre o defendemos quando estávamos na oposição. Por uma questão de coerência, teríamos de avançar”, explicou Luís Albuquerque.

As propostas aprovadas em reunião de Câmara serão agora remetidas para votação na próxima Assembleia Municipal de Ourém.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS