O Caminho dos Candeeiros (Caminhos de Fátima), é o primeiro passo de um projecto de estruturação de caminhos pedestres que têm Rio Maior e o Caminho dos Candeeiros como um ponto de encontro dos peregrinos que se deslocam do Oeste (Torres Vedras, Óbidos, Caldas da Rainha, Bombarral, Peniche) e da grande Lisboa, (Azambuja, Alenquer, Vila Franca de Xira, Lisboa) para Fátima.

Segundo a autarquia de Rio Maior, este projecto nasceu de uma parceria entre os municípios de Rio Maior e Porto de Mós e procura evitar as estradas com grande circulação automóvel em favor de caminhos de terra e estradas rurais no interior do Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros. O objectivo é criar condições seguras e aprazíveis para peregrinos e viajantes que futuramente se irão dirigir ao Santuário de Fátima. 

“Quem optar por este caminho percorrerá territórios variados, com grande interesse cultural e paisagístico, tais como as Marinhas do Sal, o Olho d’Água, a Pedreira do Barco e os muros de pedra seca de Alcobertas, isto no território do concelho de Rio Maior”, destaca uma nota da autarquia.

PUBLICIDADE

O percurso tem cerca de 50 quilómetros entre a cidade de Rio Maior e o Santuário de Fátima, e a conclusão da marcação está prevista para o mês de Abril, permitindo a sua utilização na Peregrinação do 13 de Maio. 

PUBLICIDADE
Leia também...

Rio Maior cria área de serviço de autocaravanas

O concelho de Rio Maior vai instalar um área de serviço de…

Parque de Caravanismo de Santarém já tem fundos comunitários aprovados

O futuro Parque de Caravanismo de Santarém já tem os fundos comunitários…

VÍDEO | Turismo aumenta na Albufeira de Castelo do Bode em busca do “pedaço português de céu”

O turismo aumentou este ano na Albufeira de Castelo de Bode, entre…

Ourém gere lotação da praia do Agroal desde 1 de Julho

O município de Ourém vai gerir a lotação da praia fluvial do…