Polícia Judiciária investiga morte de jovem que caiu de um terceiro andar

A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar as circunstâncias da morte de um jovem que caiu de um terceiro andar na tarde de segunda-feira, 4 de Maio, no Centro Histórico de Abrantes.

Os meios de socorro foram chamados ao local pelas 17h15. Na altura, o jovem, de 23 anos de idade, ainda apresentava sinais de vida e foram iniciadas manobras de reanimação pela equipa médica da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Médio Tejo.

Apesar dos esforços realizados o jovem não resistiu aos ferimentos e o óbito acabou por ser declarado no local.

PUBLICIDADE

O jovem era aluno na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) e vivia num espaço de estudantes no Edifício Jovem, na Praça Bernardino Machado, em Abrantes, onde ocorreu a situação.

A PJ assumiu as investigações com a recolha de indícios no local, para apurar as circunstâncias da morte do jovem. A Praça esteve vedada ao público enquanto decorreram os trabalhos policiais.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS