Prisão preventiva para suspeito de tráfico de droga detido com mais de 1500 doses de haxixe

Um homem, de 47 anos de idade, que foi detido na quarta-feira, 10 de Julho, por ser suspeito do crime de tráfico de estupefacientes vai aguardar julgamento em prisão preventiva. A decisão foi tomada em primeiro interrogatório judicial ao arguido na tarde do dia 11 de Julho.

Segundo o comunicado da Procuradoria da Comarca de Santarém, o arguido “possuía já antecedentes criminais e condenações por crimes de outra natureza e, no final do interrogatório, o Ministério Público evidenciou os perigos de continuação da actividade criminosa e de perturbação do inquérito, fundamentos que determinaram o decretamento judicial de prisão preventiva”.

“As suspeitas incidentes sobre o arguido, que remontavam a 2017, determinaram a promoção, pelo Ministério Público, de mandados de busca domiciliária relativamente à sua residência, em Tomar, cumpridos ontem pela Polícia de Segurança Pública, o que permitiu a apreensão de oito placas de haxixe e alguns pedaços destacados do mesmo produto, com o peso bruto de 784 gramas e folhas de liamba com o peso de 10 gramas, bem como três balanças de precisão”, refere a mesma nota.

A investigação prossegue agora na dependência da 1.ª secção de Tomar do DIAP de Santarém.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS