“Portugal Sou Eu” associa-se ao Festival do Arroz Carolino

O “Portugal Sou Eu” associa-se, a convite da Câmara Municipal de Benavente, à 2ª Edição do Festival do Arroz Carolino das Lezírias Ribatejanas, que acontece, entre os dias 18 e 20 de Maio, no parque ribeirinho da vila ribatejana.

Assim, já no final desta semana, o “Portugal Sou Eu” vai estar no Festival do Arroz Carolino com um espaço institucional para prestar esclarecimentos às empresas sobre o processo de adesão e oferecer aos visitantes merchandising, com o objectivo de sensibilizar para a importância do programa.

Para além do espaço institucional, o “Portugal Sou Eu” também estará presente nos showcookings, através da cedência de equipamento de cozinha da Meireles e com os produtos da Minho Fumeiro, da Loja do Sal e da Quinta dos Olmais, qualificados com o Selo “Portugal Sou Eu”.

A associação do “Portugal Sou Eu” ao festival surge tendo em conta o enquadramento do projecto na promoção do Arroz Carolino das Lezírias Ribatejanas e visa contribuir para a valorização e atractividade deste território no âmbito local, regional e nacional, onde a componente gastronómica assume uma dimensão de especial relevo.

A 2ª edição do festival apresenta um modelo multifacetado, com enfoque na gastronomia (Praça do Arroz), onde se concentram os showcookings, as degustações, as bancas do arroz, restaurantes, artesanato e produtos regionais.

A participação do “Portugal Sou Eu” neste evento reforça o seu posicionamento face à promoção da produção nacional e vem ao encontro do protocolo que o “Portugal Sou Eu” e a Casa do Arroz – Associação Inter-profissional do Arroz assinaram, em Abril do ano passado, com o objectivo de promover o arroz Carolino, produzido exclusivamente em Portugal. Uma parceria que permitiu reforçar a competitividade da fileira do arroz nacional, aumentando a sua visibilidade como produto de qualidade, dentro e fora de portas.

O programa “Portugal Sou Eu” foi lançado em Dezembro de 2012, pelo Governo de Portugal, com o objectivo de mobilizar o país para o desígnio do crescimento económico pela via de um consumo informado de produtos e serviços com o selo do programa.

O propósito da iniciativa é melhorar a competitividade das empresas portuguesas, promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego e contribuir para o crescimento sustentado da economia.

O programa valoriza, através da atribuição do selo, os produtos e serviços que geram valor acrescentado em Portugal. Esse valor é calculado com base em critérios de incorporação nacional, marcas e patentes, impacto no emprego e valor acrescentado.

Até ao momento, aderiram ao Selo “Portugal Sou Eu” mais de duas mil empresas, que qualificaram mais de oito mil produtos/serviços, representando no seu conjunto um volume de negócios agregado superior a 7,3 mil milhões de euros, mais de 46 mil postos de trabalho e conta com cerca de 800 pontos de venda com o Estatuto Estabelecimento Aderente “Portugal Sou Eu”.

Cerca de 68 por cento dos produtos aos quais foi atribuído o selo “Portugal Sou Eu” pertencem aos sectores da Alimentação, Bebidas, Agricultura e Pescas e as Empresas Aderentes localizam-se em todos os distritos de Portugal continental.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS