Primeira Corrida de Obstáculos do Ribatejo é em Almeirim

O Parque da Zona Norte, circuito de manutenção e zonas envolventes em Almeirim, recebem no dia 15 de Setembro de 2019 a primeira prova de obstáculos do Ribatejo, a Stone Race OCR.

Este evento é o concretizar de um sonho por parte dos atletas da secção de Desportos de Montanha da Associação 20 kms de Almeirim, composta por cinco atletas que já participaram em vários eventos internacionais OCR (“Obstacle Course Race”, ou seja, “corridas de obstáculos”).

Como é que surgiu a ideia de realizar esta primeira prova de obstáculos do Ribatejo?

A ideia surgiu do gosto pelas provas de obstáculos e pelo facto de não existirem muitas provas na zona centro do país, com a dimensão que podemos oferecer.

Sendo a primeira prova organizada pela secção de desporto de montanha, quais são as expectativas?

As expectativas são grandes, apesar de ser a nossa primeira edição. Temos tido um feedback muito positivo, tanto de atletas profissionais, que querem vir conhecer a nossa cidade e fazer uma prova organizada por nós, como também de atletas amadores, que têm um gosto por desporto e gostam de se testar em provas de aventura.

Porquê o nome Stone Race?

O nome tem muito a ver com a cidade de Almeirim, considerada a capital da sopa da pedra, e por também ser uma prova dura, à Ribatejana.

Para quem não conhece este tipo de provas, o que é que é preciso para participar?

Para quem não conhece, não há nada de especial a ter em atenção. A prova vai ser dividida em duas categorias, “ELITE” que será para atletas já com alguma experiência neste tipo de provas ou que queiram integrar um grupo mais competitivo e não ponderam ter ajuda para transpor os obstáculos, e outra categoria mais amadora, o “OPEN”, que será para atletas ou não atletas, cujo objectivo é superarem-se e acima de tudo divertirem-se.

Como e onde é que será construído o circuito da prova?

O circuito da prova vai ser construído pela organização do Desportos de Montanha, com apoio dos vários parceiros que felizmente se têm associado a este evento, e também pela Câmara Municipal de Almeirim, que é uma mais-valia em qualquer tipo de prova na região. O local irá ser no Parque da Zona Norte, circuito de manutenção e zonas envolventes.

Quais são as equipas que vão participar na prova?

Não há equipas específicas, esta prova está aberta a todos as pessoas e equipas.

Acreditam que este é um desporto que está em crescimento?

Sim, sem dúvida. Esta modalidade nasceu nos países nórdicos há alguns anos e tem vindo a crescer ultimamente no sul da Europa, havendo já muitas provas espalhadas pelo norte do país, assim como o crescimento de atletas que praticam a modalidade em Portugal.

Querem alargar este evento a mais concelhos da região?

Sim, seria um grande desafio, mas pensamos primeiro fazer um bom trabalho em Almeirim. Se tudo correr como planeamos, é uma ideia a explorar.

Falando sobre a equipa, qual tem sido o crescimento da secção?

A secção tem tido um crescimento gradual. Temos sido procurados por pessoas que desejam ter uma boa condição física, independentemente da idade ou género, ou de algumas limitações.

Qual é o número de atletas que compõem a equipa almeirinense?

A equipa/organização é actualmente composta por 5 atletas, que praticam provas de OCR (obstáculos), bem como outro tipo de provas (Trail, Triatlo, Judo).

Tem participado em várias competições internacionais, ganhando até alguns títulos. Qual é o segredo?

Acima de tudo temos um enorme prazer em realizar este tipo de provas, o que torna mais simples obtermos resultados. Depois, são as coisas normais, como treino específico, capacidade de superação e muita disciplina, associado a um bom acompanhamento por parte do nosso treinador e atleta – Frederico Russo.

A primeira prova ainda está a ser organizada mas pensam fazer outras edições?

Sim, temos essa vontade. O primeiro ano é o mais difícil, porque exige um grande investimento em infra-estruturas. Ao contrário das outras provas, temos de construir todos os obstáculos, o que se torna bastante dispendioso e dá muito trabalho. Com o apoio dos parceiros que já temos e os que esperamos vir a alcançar, acreditamos que a prova tenha muito sucesso. Por isso, estamos abertos a todo o tipo de entidades que desejem uma parceria de sucesso e queiram ver o seu nome num dos obstáculos da Stone Race.

info, ,

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS