Programa de medicamentos gratuitos passa a abranger 400 munícipes de Santarém

A Câmara de Santarém aprovou o alargamento do Programa Abem – Rede Solidária do Medicamento à adesão de mais 100 pessoas, que se juntarão às 300 já apoiadas, no âmbito de um protocolo assinado em 2017 com a associação Dignitude.

Em comunicado, o município afirma que o alargamento deste apoio aos cidadãos que se encontrem numa situação de carência económica, que impossibilite a aquisição dos medicamentos comparticipados prescritos por receita médica, foi aprovada na reunião do executivo realizada na segunda-feira.

“Os destinatários deste programa são, em geral, beneficiários de prestações sociais de solidariedade e todos os que se deparam com uma situação inesperada de carência económica, decorrente de desemprego involuntário ou de doença incapacitante, entre outras situações de carência”, afirma a nota.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS