O projecto ‘Campo Seguro’, que tem por objectivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos em particular, bem como possíveis situações de tráfico de seres humanos, está em fase de actualização de dados no Concelho de Almeirim.

Desde o dia 5 de Abril e até o dia 15 de Maio, os agricultores, moradores, prestadores de serviços e restantes interessados, devem actualizar os seus dísticos que passam a ter a validade de dois anos. O pedido de novos dísticos que permitem a circulação nas estradas de campo entre as 19h00 e as 7h00 é obrigatório.

O projecto ‘Campo Seguro’ nasceu de uma parceria entre a GNR e a Câmara Municipal de Almeirim e já se estendeu a outros concelhos do distrito de Santarém, com resultados positivos no combate à criminalidade em zonas rurais.

Nos últimos seis meses de 2020, a GNR realizou 165 acções de informação e sensibilização a 620 pessoas, junto das comunidades rurais, muito especialmente dos agricultores, sobre medidas de prevenção e protecção contra furtos, em particular contra o furto de cortiça, ou outros produtos agrícolas, cobre e outros metais não-preciosos.

PUBLICIDADE

Os militares da GNR realizaram durante este período, 1197 acções de patrulhamento e fiscalização, tendo sido registados quatro crimes e três contra-ordenações, culminando na detenção de cinco pessoas e na identificação de outras nove. A Guarda apreensão e recuperou 2159 quilos de pinhas; 470 quilos de cortiça; uma arma de caça; 21 cartuchos e quatro escadas.

Perante o crescente número de acidentes que envolvem veículos agrícolas, a GNR realizou 762 acções de sensibilização dirigidas a 1791 utilizadores de tractores e máquinas agrícolas, com o objectivo de os aconselhar para o cumprimento das regras de segurança. Em 2020, o Comando Territorial de Santarém registou 32 acidentes envolvendo veículos agrícolas, menos oito acidentes que o ano transacto.

As recentes alterações ao código da estrada, obrigam estes condutores a circular com arco de segurança, conhecido por “Arco de Santo António”, erguido e em posição de serviço (esta obrigatoriedade aplica-se aos tractores homologados com esta estrutura), bem como a utilização do cinto e demais dispositivos de segurança com que os veículos estejam equipados. Também os tractores e máquinas agrícolas ou florestais e as máquinas industriais são obrigados a possuir avisadores luminosos especiais (rotativo de cor amarela).

PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…