O Centro de Reabilitação e Integração de Fátima, que dá apoio a crianças e adultos com doença e deficiência mentais, lançou o projecto #EscrevesmeumAbraço, através do qual artistas são convidados a dar abraços escritos aos abraços fotográficos de utentes.

A psicomotricista do Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF) explicou que #EscrevesmeUmAbraço, que propõe 28 abraços de 28 autores este mês, surgiu de uma sessão de fotografia que realizou para a página do Facebook da instituição.

“Nesta sessão, os utentes eram desafiados a dar um abraço. Em cada fotografia, surgem sempre dois utentes a abraçarem-se com um quadro que tem um coração feito, com linha vermelha, por um dos alunos mais antigos do CRIF”, adiantou Rita Rosa.

A responsável esclareceu que tinha de escolher três fotografias e, como tirou muitas, foi incapaz de optar pelas que deveria publicar naquela rede social.

“Falei com uma amiga e ela sugeriu que partilhasse uma fotografia por dia. Mas achei que uma partilha diária era pouco, mas que podia ampliar esta iniciativa ao longo do mês de Fevereiro, mês da amizade e do amor”, declarou.

Rita Rosa pensou então “na criação de uma cadeia de abraços”, com o envio dos “abraços em forma de fotografia” e a recepção de “abraços escritos, tornando esta iniciativa mais bonita”.

“Aquilo que vivemos com eles é tão marcado de amor natural, que dão porque gostam, que era giro ver a perspectiva do outro, isto é, perceber do abraço fotográfico o que a parte escrita revela, pelo olhar de cada pessoa convidada a escrever uma frase”, referiu Rita Rosa.

Segundo a psicomotricista, “foram tiradas 28 fotografias e enviadas a pessoas que estivessem ligadas à área escrita ou que tivessem sensibilidade artística”, entre escritores, pintores e músicos.

“Já temos as frases dos 28 autores que vamos desvendando até dia 28”, no Facebook e Instagram do CRIF, disse.

Para já estão desvendados os abraços escritos de José Luís Peixoto, Gonçalo M. Tavares, Noiserv, Raquel Ochoa, Afonso Reis Cabral, Joana M. Lopes e Paulo Kellerman.

“Os protagonistas da fotografia, utentes do CRIF, são filmados na sua reação à imagem e ao abraço escrito [texto], vídeo que depois é enviado para o autor da frase e também publicado nas nossas redes sociais”, afirmou Rita Rosa, que destaca “a generosidade dos autores das frases” que estão de braços abertos para participar.

O Centro de Reabilitação e Integração de Fátima é uma instituição particular de solidariedade social. Foi criado em 1976, tem 113 utentes dos 06 aos 54 anos, distribuídos pelas valências de centro de atividades ocupacionais, formação profissional e socioeducativa.

Além desta valência, o CRIF tem ainda a lavandaria social, com 20 colaboradores.

Os utentes são oriundos dos concelhos de Ourém, Batalha, Porto de Mós, Alcanena e Leiria.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…