PSD pede investimento e PS visita ponte Rainha Dona Amélia

A distrital de Santarém do PSD lamenta que o ministro das Infra-estruturas continue sem apresentar uma “solução de curto prazo” para a ponte Rainha D. Amélia, que liga os concelhos do Cartaxo e de Salvaterra de Magos.

Em comunicado, o presidente da distrital social-democrata, João Moura, afirma que a resposta do Ministério do Planeamento e Infra-estruturas às questões colocadas há seis meses pelo PSD é “evasiva”, já que se limita a declarar que, no distrito de Santarém, “a generalidade das pontes está classificada com um nível de desempenho entre bom e razoável (90 por cento para as obras de arte rodoviárias), aplicando-se nestes casos as medidas usuais de controlo e monitorização”.

João Moura afirma que está “em causa a segurança da população, bem como a actividade económica daqueles concelhos”, e lembra a responsabilidade dos municípios do Cartaxo e de Salvaterra de Magos (ambos de maioria socialista) na manutenção da Ponte Rainha Dona Amélia, pedindo que da visita que foi feita ao local pelos deputados eleitos pelo PS resulte uma solução para o necessário investimento na travessia.

Autarcas pedem intervenção nos pilares da ponte D. Amélia

Os presidentes das Câmaras do Cartaxo e de Salvaterra de Magos querem que a intervenção nos pilares da ponte Rainha D. Amélia seja considerada “prioritária”.

Numa visita à ponte realizada segunda-feira com os deputados do PS eleitos pelo círculo de Santarém, o presidente da Câmara do Cartaxo, o socialista Pedro Magalhães Ribeiro, afirmou que relatórios batimétricos e subaquáticos “têm apontado deficiências ao nível dos pilares que têm de ser resolvidos”, realçando a importância desta travessia “para empresas e empresários dos dois concelhos e da região”.

Em comunicado, Pedro Ribeiro afirma que os dois municípios estão a trabalhar “na clarificação sobre responsabilidades de cada entidade no acordo tripartido entre os dois municípios e a Infra-estruturas de Portugal (IP)”, tendo o director regional desta empresa, Vítor Sequeira, assegurado que o projecto de execução para resolver os problemas identificados estará pronto até ao fim do mês.

Para o presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, Hélder Esménio (PS), é necessário definir parâmetros de utilização da ponte e soluções técnicas que garantam o seu cumprimento, apontando a utilização indevida a que vem sendo sujeita.

Segundo o comunicado, os deputados António Gameiro e Hugo Costa realçaram que, “ao fim de sete visitas a esta ponte”, está, “pela primeira vez, uma solução em curso”.

info, , , , ,
PUBLICIDADE

W3Schools

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS