PSD questiona tutela sobre TAC do centro hospitalar do Médio Tejo

Os deputados do PSD eleitos por Santarém questionaram o Ministério da Saúde sobre a alegada deslocalização de utentes do hospital de Tomar para o de Abrantes, a cerca de 30 quilómetros de distância, para realizarem exame de TAC.

Na pergunta dirigida à ministra da Saúde, o PSD pede uma “explicação para se fazerem deslocar utentes do Serviço Nacional de Saúde do concelho de Tomar para realizar o exame de tomografia axial computorizada (TAC) em Abrantes, quando esta facilidade existe no Hospital de Tomar, que integra também o Centro Hospitalar do Médio Tejo”, composto pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas.

Os deputados Duarte Marques, Nuno Serra e Teresa Leal Coelho lembram que o centro hospitalar “instalou recentemente um equipamento de TAC no serviço de Imagiologia do Hospital de Tomar” e que o equipamento instalado em Abrantes “é propriedade e operado por uma entidade privada”.

O PSD questiona ainda “quais os tempos de espera actuais para a realização do exame” TAC no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS