Pulseira electrónica para homem que agredia, injuriava e ameaça de morte a mãe

A Guarda Nacional Republicana deteve um homem de 38 anos de idade, no dia 1 de Junho, pelo crime de violência doméstica, em Tomar.

Segundo um comunicado do Comando Territorial de Santarém, a GNR recebeu uma denuncia que uma idosa estaria a ser agredida pelo seu filho tendo os militares da Guarda se deslocado ao local. À chegada, a GNR verificou que o suspeito estava a ameaçar de morte a sua mãe, acabando por ser de imediato detido.

Após a detenção, os militares apuraram que a a vítima, uma mulher de 68 anos, era injuriada e agredida constantemente, pelo seu filho, refere a mesma nota.

PUBLICIDADE

O suspeito permaneceu nas instalações da GNR até ser presente no dia 3 de Junho, ao Tribunal Judicial de Santarém.

Ao detido foram aplicadas as medidas de coação de termo de identidade e residência, obrigação de apresentações bissemanais no posto policial da sua área de residência, proibição de contactar e frequentar a residência da vítima, sendo as medidas fiscalizadas por meios técnicos de controlo à distância – pulseira electrónica.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS