Reabilitação do primeiro troço do ramal ferroviário de Tomar está concluída

 Os trabalhos iniciais de reabilitação de via no Ramal de Tomar, uma intervenção que representou um investimento de 2,4 milhões de euros, já estão concluídos.

Segundo um comunicado da Infraestruturas de Portugal (IP), “a concretização desta empreitada assegura a melhoria dos níveis de segurança, qualidade e disponibilidade desta infraestrutura ferroviária e, consequentemente, os níveis de comodidade e serviço para os passageiros”.

A intervenção, que incluiu a substituição de carris e travessas, diz respeito ao troço entre os quilómetros 2,156 e 6,274 e constituiu a primeira fase do projecto integrado de renovação de via do Ramal de Tomar, que terá continuidade ainda este ano, segundo a IP.

PUBLICIDADE

O Ramal de Tomar, ligação ferroviária de via única electrificada com 14,755 metros de extensão, assegura a interligação entre a cidade de Tomar, no distrito de Santarém, e a Linha do Norte, na estação da Lamarosa, tendo sido inaugurado em Setembro de 1928 com a denominação de Caminho de Ferro de Lamarosa a Tomar.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS