Uma ‘Romagem de Saudade’, evocando a memória de todos quanto já faleceram e que contribuíram para a construção do projecto do Correio do Ribatejo marcou hoje o início das comemorações dos 128 anos do Jornal que se assume “de todos e para todos os Ribatejanos”, defendendo os interesses da região.

PUBLICIDADE
Leia também...

Casa de Carlos Guedes de Amorim foi palco de “ajuste de contas” entre o fado e a arquitectura

O arquitecto escalabitano Carlos Guedes de Amorim abriu as portas de sua…

Escola Sá da Bandeira assinala ‘175 anos de futuro’

No próximo dia 11 de Outubro, a Escola Secundária Sá da Bandeira…

ASPA: Abandono de animais continua à revelia da lei

A lei que criminaliza os maus-tratos e abandono de animais tem três…

Benfica do Ribatejo: Uma freguesia que se orgulha dos seus elementos culturais

O ‘Correio por Terras do Ribatejo’ foi visitar a freguesia de Benfica do…