A Santa Casa da Misericórdia de Pernes (SCMP) assinala este ano os seus 431 anos de existência. Para assinalar tal efeméride, organizou hoje um seminário subordinado ao tema “Património de Sempre e para Sempre”, aproveitado o Ano Europeu do Património.

Para Manuel João Maia Frazão, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Pernes, património não significa, neste contexto, apenas o património material, mas também a história, a cultura, a tradição e, mais importante ainda, o património humano.

“Mais que um encontro uma partilha em páginas de misericórdia” foi o tema escolhido para assinalar este aniversário e este dia, que se iniciou com a abertura da Feira do Livro, composta por todas as obras editadas pelas ‘Santa Casa’ dos distritos de Santarém, Açores, Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco e Coimbra, seguindo-se de mais um lançamento da SCMP, um livro de fotografia, da autoria do utente Lúcio Caldeira, um apaixonado pela fotografia, que aos 80 anos ainda continua a fazer desta a sua companhia diária.

Manuel João Maia Frazão, em declarações ao Correio do Ribatejo, falou de como a sua instituição encara este património, esta história dos seus utentes, que nesta instituição muitas vezes depositam a confiança e a guarda dos seus pertences e das suas memórias, guardados e expostos no Museu da Memória, espaço onde decorrem as actividades deste dia.

Sobre o seminário que se iniciou após o almoço, o Provedor falou na finalidade que o mesmo tem de, em conjunto com as Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Porto e Coimbra, debater e falar sobre esta herança patrimonial de bens e pessoas que as Misericórdias são cuidadoras e repositárias, mas também do património histórico-cultural, através da visão e testemunho de vários oradores, entre eles o Bispo de Santarém, D. José Traquinha e o Padre Joaquim Ganhão, que falará da experiência de preservação do património, através do exemplo do Museu Diocesano de Santarém.

Ao terminar, Manuel Frazão afirmou que para ele e para a sua instituição, “cuidar de alguém é também cuidar do seu património, das suas pertenças e da sua história, sendo isso que a SCMP pretende”, com as suas valências e com o seu museu, que além de espólio de antigos e actuais utentes, também mostra outros utensílios ligados à vida e à vila de Pernes, como é exemplo o espólio do Dr. Manuel Ferreira da Silva, o último médico a ir fazer partos de casa em casa e cujo recheio do seu consultório é possível visitar neste espaço.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.