A Câmara de Santarém aprovou a atribuição de um apoio financeiro de 20.000 euros à segunda edição do curso Literacia Digital para o Mercado de Trabalho, desenvolvido pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém.

“O curso é pioneiro e diferenciador, permitindo a certificação de jovens com 60% ou mais de deficiência intelectual, para o exercício de profissões na área digital”, sublinha uma nota da Câmara de Santarém, que dá conta da aprovação do apoio na reunião do executivo realizada na segunda-feira.

A nota recorda que o curso foi reconhecido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, com a atribuição do “1.º selo Ação INCOde.2030”, recebeu o prémio da CES Lezíria “Movimento Escola de Afetos, Escola de Sucesso”, um “Prémio Inovação”, na Poliempreende 2019, e o “Selo Corpo Europeu de Solidariedade”, atribuído pela Agência Nacional Portuguesa ERASMUS+, Juventude em Ação/IPDJ.

PUBLICIDADE
Leia também...

Câmara de Santarém paga transporte escolar para todos os alunos do concelho

A Câmara Municipal de Santarém vai pagar, no próximo ano lectivo, a…

Alunos, professores, funcionários e pais do AE Ginestal Machado unidos pela dança (c/vídeo)

Manuela Candeias e Sara Gabriel, docentes do Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal…

Corações com Coroa oferece bolsas de estudo a jovens raparigas de Santarém

A Corações com Coroa (CCC), Associação sem fins lucrativos e ONGD que…

VÍDEO | Escola D. João II, em Santarém, recebe Sala do Futuro

Foi inaugurada esta quinta-feira, 26 de Setembro, na Escola D. João II,…