Os ofertórios das missas de Natal e de Ano Novo, que o Santuário de Fátima, destinou à Diocese de Pemba, em Moçambique, renderam 13.397,34 euros.

A verba, “significativa atendendo às limitações de participação impostas aos peregrinos”, nomeadamente no Ano Novo, com recolher obrigatório às 13h00 e proibição de circulação entre concelhos, será transferida de imediato para a conta da Diocese conforme foi comunicado já ao bispo de Pemba, Luiz Lisboa, pelo reitor do Santuário de Fátima, padre Carlos Cabecinhas.

“É um bom resultado, que manifesta a generosidade dos peregrinos, mas é também consequência de todas as limitações que impossibilitaram os peregrinos de participar nas celebrações de Fátima”, adianta o padre Carlos Cabecinhas, citado pela instituição.

PUBLICIDADE

A província de Cabo Delgado está desde há mais de três anos sob ataque de insurgentes e algumas das incursões passaram a ser reivindicadas desde 2019 pelo grupo ‘jihadista’ Al Shabab.

A violência está a provocar uma crise humanitária com mais de 2.400 mortes e 560 mil pessoas deslocadas, sem habitação, nem alimentos, concentrando-se sobretudo na capital provincial, Pemba.

PUBLICIDADE
Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…

Condutor não respeita ordem de paragem e foge durante 25 km à GNR

Um homem de 31 anos foi detido e aguarda julgamento em prisão…

GNR detém dono de café por violação do confinamento

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve, no sábado, o dono de um…