Sindicato regista adesão de 60% na greve na base logística do Minipreço da Zibreira

Realizou-se hoje, dia 21 de Dezembro, o primeiro de dois dias de greve na base logística do Minipreço na Zibreira. A greve, segundo a CGTP-IN “teve uma expressiva adesão na ordem dos 60%”.

O piquete de greve esteve nas instalações da empresa desde as 5:30 e recebeu “a solidariedade de outros sindicalistas”, assim como de Arménio Carlos, secretário-geral da CGTP-IN, que se deslocou junto dos trabalhadores em greve.

“Na continuidade desta primeira jornada de luta, o CESP, Sindicato representativo dos trabalhadores do sector da grande distribuição, convocou greve para os dias 24 e 31 de Dezembro, esperando-se por todo o sector uma grande adesão durante a quadra festiva”, refere a estrutura sindical numa nota enviada ao Correio do Ribatejo.

PUBLICIDADE

Os trabalhadores reivindicam um aumento geral dos salários que “menorize a perda de poder de compra dos últimos 8 anos, a irradiação da discriminação salarial, mais e melhores condições de trabalho, respeito pelos representantes dos trabalhadores e a defesa da contratação colectiva e das carreiras dos operadores de armazém”.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS