Sobem para 70 os casos positivos na Sonae da Azambuja

Setenta trabalhadores da empresa logística da Sonae localizada no concelho de Azambuja, testaram positivo à covid-19.

A actualização do número de casos naquela empresa foi hoje divulgada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, durante a conferência de imprensa diária de balanço da pandemia.

“Os dois sectores da Sonae que apresentaram casos positivos fizeram até à data 339 testes que permitiram identificar 70 pessoas positivas, sendo que estas 70 pessoas estão todas bem”, afirmou a directora-geral da Saúde.

PUBLICIDADE

Na quarta-feira, o presidente da autarquia, Luís de Sousa, afirmou à agência Lusa que tinham, até então, testado positivo à covid-19 40 trabalhadores do entreposto da Azambuja da Sonae Mc, onde trabalham 800 pessoas.

Graça Freitas sublinhou que estes 70 funcionários são “trabalhadores jovens”, muitos dos quais vivem em conjunto em alojamentos por estarem deslocados, e “estão clinicamente bem, não estão internados”.

A responsável sublinhou ainda que as autoridades de saúde têm acompanhado de perto esta situação, para isolarem os contactos dos funcionários que testaram positivo.

Têm também sido feitos inquéritos epidemiológicos a famílias da zona e também outras empresas da área da Azambuja têm feito testes aos seus trabalhadores, que “até à data deram negativos”.

“Creio que, entre as autoridades de saúde, as autoridades locais e a empresa [Sonae], estão a ser tomadas todas as medidas para confinar este surto e para não haver disseminação comunitária”, considerou.

Graça Freitas sublinhou que a Sonae “tomou a decisão de disponibilizar mais meios de transporte aos seus trabalhadores, por forma a separá-los dentro do transporte para o local de emprego” onde, “nos sectores em que eles trabalham, não há, pela natureza da tarefa, contacto entre as pessoas”.

A Sonae é a segunda empresa da Plataforma Logística de Azambuja onde foi detectado um número significativo de casos da covid-19.

No dia 02 de Maio, a empresa de produtos alimentares Avipronto fechou provisoriamente depois de terem sido detectados 38 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus entre os funcionários.

Portugal regista um total de 1.277 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que na quarta-feira, e 29.912 infectados, mais 252, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

One Comment