A Associação para a Defesa do Património de Torres Novas assinala sexta-feira o solstício de verão com uma conversa sobre “O Almonda e o Ambiente”, evocando as jornadas sobre a despoluição do Almonda que realizou há 30 anos.

A iniciativa, a decorrer no auditório da Caixa Agrícola de Torres Novas, vai contar com a presença de Carlos Pimenta, que, enquanto secretário de Estado do Ambiente, participou nas jornadas de 1987 (ano em que foi aprovada a Lei de Bases do Ambiente) e que é agora convidado a falar sobre a “evolução das políticas ambientais, do que foram aqueles anos iniciais e de quais os desafios que temos hoje pela frente, incluindo a emergência global face às alterações climáticas”, afirma uma nota da ADPTN.

“Passados mais de 30 anos, muita coisa mudou e a situação do rio Almonda é hoje francamente melhor do que naquela época, mas ainda muito distante do que desejaríamos como comunidade”, afirma a associação, lembrando “os graves problemas associados à ribeira da Boa Água”.

PUBLICIDADE

No encontro participará ainda Artur Ascenso Pires, que falará sobre o “enquadramento actual da organização e funcionamento dos serviços ambientais em Portugal”, para clarificar sobre “papéis e responsabilidades das diferentes entidades”, sendo moderador Jorge Salgado Simões, geógrafo e monitor do grupo do Projecto Rios da ADPTN.

PUBLICIDADE
Leia também...

Chuva está de regresso e coloca Santarém sob aviso amarelo

A chuva está de regresso ao distrito de Santarém a partir desta…

Aviso amarelo para o distrito de Santarém devido a temperaturas baixas

O tempo frio levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera…

Câmara de Santarém instala 150 “caixas-ninhos” no concelho

A Câmara Municipal de Santarém está a instalar 150 “caixas-ninhos” identificadas e…

GNR recupera Bufo Real em Almoster

A Equipa de Proteção da Natureza e Ambiente do Destacamento Territorial da…