Speed Talent estimula empreendedorimo

Oito entidades do Alentejo e uma do Ribatejo associaram-se para criar e dar corpo a um projecto que visa promover o empreendedorimo naquela vasta região. PACT, ANJE, NERE, ADRAL, IPBeja, IPSantarém, IPPortalegre, Sines Tecnopolo e Universidade de Évora estão a ajudar jovens empreendedores a criar novas empresas e gerar emprego.

O projecto SpeedTAlent – Acelerador de Talentos é uma iniciativa destinada a Jovens Empreendedores, a empresas Start-Ups e Spin-Offs, e empresas constituídas recentemente em fase de aceleração. Procura ser uma referência regional no estímulo do espírito empresarial e apoio ao empreendedorismo. Pretende dar uma resposta diferenciadora e inovadora aos atuais desafios, concretamente: alteração da tipologia do tecido empresarial, aumentando do número de empresas de base tecnológica, intensivas em conhecimento e criatividade.

O Speed TAlent está a ser executado por uma parceria forte e representativa do ecossistema regional de inovação, pretendendo-se aproveitar sinergias, competências e capacidade instalada das diversas instituições para a promoção do empreendedorismo qualificado e criativo na região Alentejo.

O SpeedTAlent está a ser dinamizado através de um conjunto de atividades nomeadamente:

  • Criação dos Balcões Speed TAlent nas entidades parceiras para acolhimento de empreendedores e empresários, de forma a reforçar a atividade conjunta e integrada da rede regional de incubadoras;
  • Desenvolvimento do SpeedTAlent Online onde será disponibilizado um sistema tecnológico inteligente em rede para apoio ao empreendedorismo;
  • “Programa Contato – Roteiros de lnovação”, iniciativa piloto no seio de setores chave da região para o desenvolvimento de projetos inovadores;
  • Speed Up e Speed Growth,  conjunto de iniciativas para estimular a criação de Spin-Offs e Start-Ups e o apoio ao empreendedorismo qualificado;
  • Alentejo Accelerator Program onde se promoverá atividades de aceleração para Start-Ups com metodologias inovadoras de estímulo à criatividade;

Estas atívidades são suportadas transversalmente com a promoção e disseminação do projeto bem como por um sistema de governação e coordenação do projeto por parte do PACT e do Consórcio.

ENTIDADES ENVOLVIDAS:

O PACT tem como missão apoiar técnica e cientificamente a região do Alentejo através da promoção de uma cultura empreendedora e inovadora na ligação entre os centros de saber e o mercado empresarial, dinamizando o envolvimento e concretização de parcerias entre as entidades regionais e internacionais. OPACT é um polo de excelência para a criação de Start-Ups e atração de empresas inovadoras que contribuam para o aumento da competitividade da região.

A ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários é uma associação de direito privado e utilidade pública que, desde 1986, representa institucionalmente, à escala nacional e internacional, os jovens empresários portugueses e apoia-os na sua atividade empresarial. Hoje, é um dos principais players nacionais do ecossistema empreendedor, contando com cerca 5.500 associados, 11 centros de incubação e aceleração espalhados pelo país e cinco núcleos regionais.

O NERE – Associação Empresarial sem fins lucrativos, de utilidade pública assume-se como estrutura representativa do tecido empresarial da Região do Alentejo. Possui como missão a promoção do desenvolvimento económico do distrito através do apoio e defesa dos interesses da atividade empresarial dos seus associados e da dinamização de projetos de melhoria do contexto e envolvente empresarial. O NERE dispõe de uma incubadora no seu Centro de Negócios do Alentejo que apresenta um conjunto de fatores de complementaridade e diferenciação, oferecendo os serviços de incubação física e virtual, bem como acesso à Bolsa de Mentores, Consultores e à rede de empresas.”

O SINESTECNOPOLO é o BIC Alentejo (Business lnnovation Centre), certificado pela EBN {European Business & lnnovation Centre Network}, a maior rede de empreendedorismo e inovação europeia, assumindo a missão de catalisador e dinamizador do Ecossistema Sines, sendo este uma plataforma de interação entre as grandes empresas, as PME’s, a administração pública, as instituições de ensino superior e demais entidades do Sistema Científico-Tecnológico.

O INSTITUTO POLITÉCNICO DE PORTALEGRE procura responder a grandes preocupações do desenvolvimento regional. Foca-se em acompanhar a inserção profissional dos seus alunos, criando condições para a sua fixação na região.Neste sentido, os projetos e atividades do Gabinete de Empreendedorismo, são apostas fortes e consolidadas de unidades de intervenção no que respeita aofomento do Empreendedorismo e na procura de Emprego.

A ADRAL- Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo resulta de uma vasta parceria que agrupa entidades públicas e privadas, espacialmente distribuídas e profundamente conhecedoras da realidade local e regional. Tem como objeto social o desenvolvimento de todo o Alentejo e o fortalecimento da sua base económica e produtiva. Gere um conjunto de infraestruturas de incubação e apoio ao empreendedorismo, a Évoratech, o CAESC e o CAME em parceria com as respetivas Câmaras.

O INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA é uma instituição de ensino superior, destinada à produção e difusão do conhecimento, criação, transmissão e difusão da cultura e do saber de natureza profissional, da investigação orientada e do desenvolvimento experimental. O Centro de Transferência de Conhecimento e Tecnologia e a lncubadora IPBEJA, integrado no lPBeja, leva a cabo a missão de identificar e promover ações de transferência de conhecimento e tecnologia entre o lPBeja e a comunidade regional e nacional.

O INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM é uma instituição de ensino superior politécnico público, empenhada na qualificação de alto nível dos cidadãos, destinada à produção e difusão do conhecimento, criação, transmissão e difusão do saber de natureza profissional, da cultura, da ciência, da tecnologia, das artes, da investigação orientada e do desenvolvimento experimental, relevando a centralidade no estudante e na comunidade envolvente, num quadro de referência internacional.

A UNIVERSIDADE DE ÉVORA, fundada em 1559, é hoje uma universidade transversal, integrando as Escolas de Artes, de Ciências Sociais, de Ciências e Tecnologia e de Enfermagem e o Instituto de Investigação e Formação Avançada, escola doutoral que coordena 17 Centros de Investigação com relevantes ligações ao tecido empresarial. Oferece um largo espectro de Licenciaturas, Mestrados, e Doutoramentos, compreendendo as mais diversas áreas do Saber. m”:{�u��<

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS