Surto de Covid-19 no lar da Póvoa de Santarém sobe para 55 infectados

O surto de covid-19 no Centro de Repouso e Lazer Fonte Serrã, na Póvoa de Santarém, subiu para 55 casos positivos, 25 deles detectados esta semana.

Um total de 42 utentes e 13 funcionários testaram positivo ao novo coronavírus. 22 utentes estão assintomáticos e permanecem nas instalações do Centro de Repouso e Lazer Fonte Serrã, estando a ser acompanhados, em permanência, por um médico e dois enfermeiros.

Em declarações à SIC, Ricardo Gonçalves, presidente da Câmara de Santarém revelou que 11 idosos “foram transferidos para o Hospital Distrital de Santarém” e os outros 9 utentes “estão instalados no Centro Hospitalar do Médio Tejo”.

PUBLICIDADE

Os restantes 18 utentes que deram negativo vão ser transferidos no final da tarde desta quarta-feira, 2 de Setembro, para uma casa de repouso, em Fátima.

A direcção da instituição tinha pedido às autoridades o fecho temporário do espaço, por razões sanitárias e de falta de segurança, mas viu o pedido ser recusado pelo delegado de saúde.

De acordo com o autarca, as decisões foram tomadas pelas entidades de saúde [saúde pública, saúde hospitalar e saúde familiar], tendo sido discutidas na comissão distrital da Proteção Civil.

Ricardo Gonçalves referiu também que a Segurança Social, em conjunto com a Cruz Vermelha, conseguiu “arranjar 11 funcionários” para trabalharem na Casa de Repouso Fonte Serra, garantindo as condições mínimas de segurança para os 22 utentes que ainda lá se mantêm.

“A entidades de saúde acharam que esta era a forma que deviam actuar e que era a melhor forma de o fazer em conjugação com a Segurança Social”, disse, ressalvando que “os doentes que estão no hospital são aqueles que têm sintomas”.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS