Sob o mote ‘Abril Sempre!’, o município de Tomar, em colaboração com diversas entidades concelhias, celebra este mês o cinquentenário da Revolução dos Cravos, com 20 atividades para “lembrar que a democracia não é um bem adquirido”.

Em nota informativa, o município indica que vai promover no “mês inteiro” de abril “cerca de vinte iniciativas diversas”, desde música, teatro e exposições, “com um denominador comum: festejar os valores do 25 de Abril e lembrar que hoje, mais do que nunca, é preciso lutar para os defender”.

Sérgio Godinho ao vivo, no dia 06 de abril, e Alves Redol em exposição, com inauguração na tarde de hoje, são alguns dos nomes mais mediáticos, com a maior parte das iniciativas a incidir na história local e na produção de artistas, alunos e comunidade tomarense.

Abril iniciou em Tomar com a inauguração de duas exposições comemorativas, uma nas montras dos estabelecimentos comerciais da Corredoura, onde estão patentes os “Cartazes de Abril”, que fazem parte da coleção da Biblioteca Municipal, e uma outra, na Casa Vieira Guimarães, com a mostra “Abril em Tomar: História Local, Global, Atual”, um trabalho documental de João Paulo Pedro.

O programa comemorativo continua no sábado, dia 06, com o lançamento do livro “Repressão – A história de Henrique Monte – Ensaio”, de José Rodrigues Silva, à tarde, no Moinho da Ordem (Levada), culminando o dia com o espetáculo “LIBERDADE25”, com Sérgio Godinho & Os Assessores, no cineteatro Paraíso.

O ciclo de cinema “50 anos de Abril” chega a Tomar nos dias 09 e 23, com a exibição de filmes de Rui Simões – “Bom Povo Português” e “Primeira Obra” -, respetivamente, ambos com a presença do realizador, no cineteatro, num ciclo que se estende aos dias 07 e 21 de maio.

No dia 10 será inaugurada, na Biblioteca Municipal, a exposição “Rostos de Abril”, na qual os principais intervenientes do 25 de Abril de 1974 serão homenageados por meio da expressão artística de crianças e jovens do concelho, espaço que acolhe ainda, no dia 22, a mostra “Construir a paz com valores de Abril”, do Conselho Português para a Paz e Cooperação.

No sábado, dia 13, será a vez de o cineteatro voltar a receber o espetáculo ‘Mais Alto!’, concerto comentado que convida os mais jovens a refletir sobre o poder da música nas mudanças políticas e sociais.

Uma semana depois, no dia 20, a liberdade vai sair à rua com uma ‘Arruada Poética’ pelo centro histórico, enquanto a Praça da República se vai encher com a recriação de imagens icónicas do 25 de Abril recriadas por estátuas vivas.

Estes “Quadros de Abril” voltarão à Praça no domingo, 21, e no dia 25 de abril, sempre entre as 15:30 e as 18:00.

Ainda no dia 20, às 16:00, abre ao público a exposição da Assembleia Municipal de Tomar sobre o 25 de Abril, com trabalhos dos alunos do concelho, na Casa Manuel Guimarães, com o cineteatro Paraíso a receber, à noite, um concerto com a versão Rock/Coral pelo Coro Misto Canto Firme e outros músicos da “Epopeia” da Filarmónica Fraude.

Entre os dias 24 e 27 de abril, decorrem mais iniciativas de âmbito cultural, com o centro histórico a ser o palco, na noite de 24 de abril, da “Revolução 74/24”, um espetáculo multidisciplinar, envolto em música e teatro, e com o cineteatro a acolher no dia 25 a “Revolução que foste minha”, no qual se aborda a emancipação cultural, sexual e política no feminino.

No dia 26, no cineteatro, os agrupamentos de escolas levam a palco o espetáculo “Canta-me como foi… há 50 anos! – Era uma vez o 25 de Abril”, inspirado no livro “Era uma vez o 25 de Abril!” de José Fanha, fechando a programação no dia 27 com o concerto “Viver Abril”, que junta a Banda Filarmónica Gualdim Pais e o Qu4rteto Tomar-lhe o Gosto.

No dia do cinquentenário da revolução, o auditório da Biblioteca Municipal recebe, às 16:00, a sessão solene da Assembleia Municipal de Tomar comemorativa dos 50 anos de liberdade, que o município entende como “o momento institucional mais importante” destas iniciativas.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

O amargo Verão dos nossos amigos de quatro patas

Com a chegada do Verão, os corações humanos aquecem com a promessa…