Tomar quer isentar de derrama empresas criadas no concelho em 2019

A Câmara de Tomar vai propor à Assembleia Municipal a isenção de derrama para as empresas que sejam criadas no concelho no ano de 2019 como medida de incentivo à criação de novas empresas.

Em comunicado, o município afirma que a proposta aprovada na reunião do executivo desta semana mantém a taxa de 0,75% sobre os lucros das restantes empresas, desaparecendo a isenção para as que têm resultados inferiores a 150 mil euros, “não só por um princípio de igualdade, mas também porque são valores com expressão muito reduzida para a grande maioria das empresas”.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS