O município de Tomar vai dispor de uma Escola de Segunda Oportunidade, dirigida a jovens que abandonaram o sistema educativo ou que se encontram em risco de exclusão social.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Tomar refere que o projecto, que foi oficializado hoje, será coordenado pelo Agrupamento de Escolas Templários e tem como entidades parceiras a autarquia, o Centro de Integração e Reabilitação de Tomar, a Santa Casa da Misericórdia local e a Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares.

O projecto de uma Escola de Segunda Oportunidade decorre de um despacho datado de 2019 que visa dar resposta a um número significativo de alunos que abandonam a escola sem concluir a escolaridade obrigatória e que se encontram em risco de exclusão social.

PUBLICIDADE

“Portugal ainda apresenta um número significativo de alunos que abandona a escola sem concluir a escolaridade obrigatória. No sentido de responder a estes jovens, em regra, sinalizados no âmbito das comissões de protecção de crianças e jovens, pelas equipas multidisciplinares de apoio aos tribunais e por instituições de acolhimento de crianças e jovens, o Ministério entende intervir através de uma resposta socioeducativa articulando iniciativas de entidades e instituições de natureza diversa”, pode ler-se no texto do despacho.

PUBLICIDADE
Leia também...

Corações com Coroa oferece bolsas de estudo a jovens raparigas de Santarém

A Corações com Coroa (CCC), Associação sem fins lucrativos e ONGD que…

VÍDEO | Escola D. João II, em Santarém, recebe Sala do Futuro

Foi inaugurada esta quinta-feira, 26 de Setembro, na Escola D. João II,…

Alunos e professores estreiam novas instalações da Escola do Sardoal

Os alunos e professores da Escola Básica e Secundária Drª Maria Judite…

Escola Sá da Bandeira assinala ‘175 anos de futuro’

No próximo dia 11 de Outubro, a Escola Secundária Sá da Bandeira…