Torres Novas com excelentes resultados em Operação Floresta Protegida 2018

O Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, Pedro Ferreira, o Serviço Municipal de Protecção Civil e a Guarda Nacional Republicana (GNR) reuniram-se esta manhã nos Paços do Concelho para um balanço da Operação Floresta Protegida 2018 cujo objectivo era o de prevenir o surgimento de incêndios florestais através de campanhas de sensibilização e fiscalização.

Foram identificados, ao longo do ano de 2018, um total de 182 terrenos em risco no concelho, tendo sido enviadas cartas de sensibilização a todos os proprietários para o cumprimento voluntário da limpeza dos mesmos. Fruto desta acção 148 proprietários procederam à limpeza voluntária, tendo sido alcançada uma taxa de sucesso de 81%. No âmbito desta operação, foram levantados pela GNR 34 autos e recebidas 29 denúncias, notando-se uma descida de 29,6% no número de ignições em relação a 2017.

O Major Pedro Reis, do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente (SEPNA) da GNR, enalteceu o sucesso da Operação Floresta Protegida referindo que “se criou uma dinâmica colectiva entre a GNR e o município com um objectivo comum e uma presença assídua junto dos proprietários, que sentiram o peso da responsabilidade, o que permitiu uma taxa de sucesso superior à média distrital de 73%”.

No que diz respeito ao Município de Torres Novas, foram intervencionados aproximadamente 31.000 m2, em substituição dos proprietários, num total de 7 parcelas de terreno nas freguesias de Pedrogão, Chancelaria e União de Freguesias de S. Pedro, Ribeira Branca e Lapas.

O presidente da Câmara Municipal, Pedro Ferreira, elogiou “a excelente intercolaboração entre a Protecção Civil e o SEPNA” referindo que “as reuniões regulares entre a Protecção Civil e GNR foram muito importantes para a realização destas acções e permitiram produzir excelentes resultados”.

Este ano, a Operação Floresta Protegida irá arrancar a 20 de Fevereiro e, para além de campanhas de sensibilização, entrega de folhetos informativos e fiscalizações, pretende-se utilizar postos móveis em todas as freguesias do concelho com a apresentação de filmes didácticos para aconselhar, explicar e sensibilizar a população.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS

Deixar uma resposta