Torres Novas investe um milhão de euros no Pavilhão Desportivo de Riachos

A Câmara Municipal de Torres Novas aprovou em reunião de executivo de 18 de Agosto, a abertura de concurso público para a “Empreitada 06/2020 (TN+) Construção e Requalificação do Pavilhão Desportivo de Riachos (2.ª Fase)”.

A obra tem um orçamento de de 926.027,09 euros (acrescido de IVA à taxa legal em vigor) e o prazo de execução proposto é de 12 meses.

Segundo um comunicado do Município de Torres Novas, a empreitada terá as suas principais intervenções nos dois pisos existentes, com destaque para a nave do ginásio do Piso 0 e escadaria de acesso, bem como o lobby de entrada no piso 1, sendo caracterizada por uma área total encerrada de pavimentos de 865m2.

PUBLICIDADE

O piso 0 será composto por ginásio de treino e aquecimento para dança, prática de artes marciais, etc.; sala para exercícios de manutenção e fitness; dois balneários dotados de instalação sanitária; uma instalação sanitária para pessoas com mobilidade condicionada, duas arrecadações; um armazém geral e circulações de ligação às escadas de acesso ao Piso 1 .

No piso 1 irá existir um lobby de entrada; uma sala de reuniões/bilheteira; uma secretaria; uma sala de formação; duas instalações sanitárias de apoio ao piso com capacidade para pessoas de mobilidade condicionada; uma arrecadação de apoio à sala de formação; um corredor e espaço de galeria para observação das actividades do ginásio.

O Município pretende ainda completar o edifício conferindo-lhe uma entrada nobre que dê uma resposta eficaz à movimentação do publico ao nível de acessos e condições de evacuação, com uma rampa para acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada e uma ampla escadaria de acesso.

Já no alçado nascente, ao nível dos planos da fachada, será dada continuidade ao edifício pré-existente a partir de óculo envidraçado, de modo a servir as escadas de ligação entre os pisos e a assegurar melhor iluminação natural, maior transparência e maior correlação entre o ambiente interior e exterior.

A nível de rede e instalações o edifício será alvo de remodelação nas redes de águas e respectivos sistemas de aquecimento, esgotos, instalações eléctricas e ITED, bem como segurança integrada contra incêndios e intrusão.

No exterior está previsto envolver todo o edifício com uma “pele” lograda em chapa perfilada sob a qual se irá colocar uma camada de isolamento térmico nas paredes à base de espuma projectada de poliuretano, em solução de fachada ventilada, de modo a garantir definitivamente a protecção das paredes de todo o complexo. De modo a manter a homogeneidade do edifício será dada continuidade à paleta de cores já aplicada, à base de diversos tons de amarelos, ocres e azuis aio, ao qual se acrescenta agora o cinzento.

“Com esta empreitada pretende-se melhorar o equipamento existente em matéria de condições funcionais, de forma a promover a melhoria e intensificação de uso deste pavilhão na prática desportiva por parte da população escolar e não escolar, bem como completar o equipamento e construção pré-existente em termos funcionais enquanto peça arquitectónica de valorização do contexto urbano de Riachos”, refere a mesma nota do Município.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS