A GNR de Alenquer deteve três homens pelo crime de posse ilegal de arma, nos distritos de Lisboa, Leiria e Santarém, mas foram constituídos arguidos oito homens e uma mulher.

No âmbito de uma investigação que durou cerca de dois anos, os militares apuraram que os suspeitos, entre os 23 e os 62 anos, se dedicavam à falsificação de documentos e ao tráfico de estupefacientes.

Na sequência de nove buscas domiciliárias e 25 buscas em viaturas, nos concelhos de Alenquer, Loures, Leiria e Cartaxo, foi possível apreender quatro armas de fogo, seis réplicas de armas de fogo, três plantas de canábis, nove telemóveis, um computador portátil, munições de vários calibres, 3.305 euros em dinheiro, 50 euros em moeda falsa, diversos documentos falsos e artigos em ouro.

Os três detidos já tinham antecedentes criminais pelos mesmos crimes. A acção contou com o reforço dos Comandos Territoriais de Leiria e de Santarém e da Unidade de Intervenção, e com o apoio da Polícia de Segurança Pública.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…