Tribunal de Contas dá parecer favorável a obras no Mercado de Santarém

O Tribunal de Contas já deu parecer favorável à adjudicação da Empreitada de “Requalificação/Alteração do Mercado Municipal de Santarém”, à empresa Habitâmega Construções, S.A., pelo valor total de 1.949.340,00 €.

Esta requalificação visa associar a gastronomia à promoção turística e à valorização da produção local, temas que estão presentes no projecto de Paulo Durão.

O projecto, além da “reabilitação profunda” necessária para a conservação e modernização do edifício, visa “repensar do modo de funcionamento do mercado”. Assim, a proposta passa pela opção de demolir toda a Praça do Mercado, criando um novo plano em pedra horizontal, onde, nos eixos que constroem as entradas do mercado se dispõem novos módulos do mercado diário, criando “duas ruas” que partem a grande praça em quatro praças menores.

PUBLICIDADE

A grande praça, envolvida pelas lojas da cintura periférica existente é “subdividida em quatro pequenas praças, definidas pela introdução e disposição de novos módulos de mercado diário”, segundo o projecto.

O centro do futuro mercado será uma “área em forma de cruz”, com 36 bancas destinadas ao mercado diário, que terão em seu redor quatro praças, uma delas destinada a instalar o posto de turismo e as outras destinadas a restauração.

As lojas exteriores também serão recuperadas para a instalação de actividades comerciais diversas, desde artesanato a geladaria, passando por florista, vinhos e loja de conveniência, entre outros.

O edifício do Mercado Municipal de Santarém é património cultural do Concelho de Santarém e encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público, localiza-se na no interior do centro histórico de Santarém, fora do antigo perímetro muralhado, envolvendo-se nas Ruas Dr. Jaime Figueiredo, Avenida Cidade da Covilhã e Rua José Saramago.

Foi projectado pelo arquitecto Cassiano Branco (1897-1970), em 1927/8, e construído em 1930 pelo construtor Alcino César. Uma placa existente junto à porta principal do edifício indica que a sua construção teve início em Março de 1930 e conclusão em 5 de Outubro do mesmo ano.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS