O Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria considerou improcedente a acção de impugnação judicial instaurada por uma das empresas concorrentes à adjudicação das obras de conservação e beneficiação na Igreja de S. João do Alporão, tendo a notificação chegado à Câmara Municipal de Santarém no dia 1 de Abril.

Com esta decisão, a Autarquia pode assim prosseguir com normal  procedimento da obra. Perante as alegações da empresa em causa e com base nos fundamentos apresentados pelo Município de Santarém, o Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria considerou que não se justificava este ato de impugnação.

A empreitada já tinha sido adjudicada pela Câmara de Santarém, em Outubro de 2019, à empresa Revivis – Reabilitação, Restauro e Construção Lda., pelo valor de 777.924 euros, após data de consignação da obra.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Jogador do Alverca em estado grave no hospital após paragem cardiorrespiratória

O futebolista brasileiro Alex Apolinário, do Alverca, encontra-se em estado grave e…

Distrito de Santarém apenas com um concelho em Risco Muito Elevado

O Governo reviu ontem a listagem dos concelhos de risco e o…