A Unidade de Hospitalização Domiciliária (UHD) do Hospital Distrital de Santarém (UDS) assistiu em dois anos mais de duas centenas de doentes, aos quais foram feitas quase 3200 visitas domiciliárias.

O balanço refere-se ao período entre 29 de Junho de 2019 – data em que iniciou actividade – e o final de Maio de 2021, no qual a UHD prestou cuidados de saúde no domicílio a um total de 212 doentes, tendo sido percorridos 64.088 quilómetros pelos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Santarém e Rio Maior.

Na UHD são referenciados doentes que reúnem um determinado conjunto de critérios clínicos, sociais e geográfico que estejam internados no HDS ou que sejam provenientes do Serviço de Urgência, da Consulta Externa, do Hospital de Dia, assim como dos cuidados de saúde primários.

De acordo com o coordenador da UHD, Yahia Abuowda, em 2020, entre os diagnósticos mais frequentes estão as infecções urinárias, a infecção respiratória (pneumonia), a erisipela, o abcesso amigdalino, a endocardite e as feridas/úlceras infectadas.

PUBLICIDADE

O responsável revela que dos doentes internados em 2020, 51 por cento eram do sexo masculino, com média de 65 anos de idade, residindo a sua maioria no concelho de Santarém e apresentando como cuidador principal o companheiro.

A duração média de internamento foi de cerca de 10,4 dias, sendo o internamento mais curto de apenas 24h (para realização de terapêutica específica) e o internamento mais longo de 32 dias.

A equipa conta neste momento com um médico em dedicação exclusiva e cinco enfermeiros. Esta valência tem ainda o apoio de seis médicos que asseguram prevenções, de uma enfermeira chefe, do Serviço Social, da Farmácia, de um assistente técnico, de um assistente e da administradora hospitalar responsável pelo Departamento de Medicina.

A equipa tem a seu cargo uma lotação de oito camas (mais cinco relativamente às que existiam no início da actividade da UHD), funcionando as mesmas 24 horas por dia, sete dias por semana.

Inquérito revela que os utentes internados na UHD e seus cuidadores estão “muito satisfeitos”

Um inquérito por questionário, de natureza confidencial e anónima, enviado a utentes internados na UHD e seus familiares/cuidadores, no período de 29 de Junho de 2019 a 31 de dezembro de 2020, revelou que a maioria dos inquiridos apresentam níveis elevados de satisfação em todas as dimensões avaliadas (qualidade/atendimento; continuidade de cuidados; acesso; segurança).

Os resultados obtidos em todas as dimensões avaliadas aproximaram-se do valor máximo possível. Numa escala de 1 a 5, os utentes revelaram um nível de satisfação de 4,82 e os cuidadores de 4,75, concluindo-se que, de um modo geral, os utentes e cuidadores se encontram “muito satisfeitos” com os cuidados prestados pelos profissionais da UHD.

Para a UHD, “a opinião dos utentes sobre os cuidados que lhe foram prestados contribui para identificar as áreas susceptíveis de serem melhorados bem como para uma melhor eficiência” e “a satisfação dos utentes é um dos indicadores válidos da qualidade dos serviços de saúde”.

PUBLICIDADE
Leia também...

Só Coruche e Sardoal escapam ao recolher obrigatório às 13h00 no fim-de-semana

Os concelhos de Coruche e Sardoal são os únicos, no Distrito de…

Hospital de Santarém no limite da capacidade de internamento de doentes covid

O Hospital Distrital de Santarém atingiu o limite da sua capacidade prevista…

Hospital de Santarém esgotou capacidade de internamento em enfermaria

O Hospital de Santarém esgotou a capacidade de internamento em enfermaria para…

Tratamento do cancro da mama no HDS novamente reconhecido a nível internacional

A Unidade de Senologia do Hospital Distrital de Santarém (HDS) viu renovada…