A Guarda Nacional Republicana deteve 20 indivíduos por tráfico de estupefacientes, posse de arma proibida e de notas falsas, numa operação de prevenção de criminalidade nas imediações do Festival BAFO 2022, que se iria realizar a 30 de Setembro e 1 de Outubro, na Calha do Grou, no concelho da Chamusca. As autoridades encerraram ainda o festival, uma vez que os militares da GNR constataram que a empresa de segurança contratada não cumpria as disposições legais, revela o Comando Territorial de Santarém em comunicado.

A operação resultou na apreensão de 886 doses de haxixe, 115 doses de MDMA, 63 doses de Liamba, 20 selos LSD, 11 comprimidos de ecstasy, três armas proibidas, uma balança de precisão, 600 euros em notas falsas, e material para acondicionamento e consumo do produto estupefaciente.

Dos indivíduos que foram detidos, com idades compreendidas entre os 22 e os 38 anos, 17 vão responder por tráfico de estupefacientes, dois por posse de arma proibida, e um por posse de notas falsas. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Almeirim.

Estiveram presentes elementos do Grupo de Intervenção Cinotécnico, da Unidade de Intervenção e da Unidade de Emergência de Proteção e Socorro.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.