Carlos Moisés, vocalista da Quinta do Bill desde 1987, lança esta sexta-feira, 24 de Setembro, o primeiro álbum a solo com poema inédito de José Mário Branco. Com o trabalho a solo, Carlos Moisés quis revelar “outras formas musicais”.

“Talvez o meu lado um bocadinho mais pop, fugir um bocadinho da folk [dos Quinta do Bill]”, contou à Lusa, relevando que as canções que compõem o álbum de estreia a solo “foram sendo construídas e foram ficando sempre à espera da oportunidade de chegar ao grande público”.

Embora seja um álbum a solo, o músico contou com várias colaborações, nomeadamente na escrita de letras. “Moisés – primeiro solo” conta com poemas do escritor José Luís Peixoto, do jornalista Joaquim Franco e dos músicos Tim, Moz Carrapa, Sebastião Antunes e José Mário Branco, que morreu em Novembro de 2019, aos 77 anos.

O tema com letra de José Mário Branco, que abre o disco, chama-se “Regresso” e “tem dois estados de espírito: um primeiro de revolta e de alerta e um segundo um pouco mais de contemplação, onde ele diz que vem de além e que está novamente presente”.

PUBLICIDADE

“É como se ele regressasse”, afirmou Carlos Moisés, reforçando que foi “um privilégio poder contar com um texto do grande José Mário Branco, ainda por cima escrito expressamente para esta obra, que ele acompanhou desde a sua génese”.

Gravado em Tomar, num colectivo a três com Paulo Bizarro e André Moinho (Quinta do Bill), o álbum está disponível a partir de hoje e contou com a produção de Moisés e mistura de João André (Bárbara Tinoco, The Black Mamba, Miguel Araújo), numa experiência de contágio imediato: melodias eternamente pop, harmonias vocais construídas com rigor que não escondem a herança clássica de Moisés e a predilecção de sempre por The Beatles, Beach Boys, Fleet Foxes ou Arcade Fire, e ainda um conjunto de texturas de guitarras recheadas de contemporaneidade.

O primeiro single foi apresentado no passado dia 17 de Setembro. E sempre a “Dançar, até que a noite caia”.

PUBLICIDADE
Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Feira Nacional da Agricultura realiza-se entre 9 e 13 de Junho em Santarém

A Feira Nacional da Agricultura/Feira do Ribatejo (FNA) vai realizar-se entre 9…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.