A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 100 botijas de gás butano/propano com gás de petróleo liquefeito (GPL) na sequência de uma investigação por suspeita de crime de fraude sobre mercadorias no concelho de Santarém.

Em comunicado, a ASAE adianta que as apreensões ocorreram no cumprimento de mandados de busca (domiciliários e não domiciliários), na freguesia de Alcanede.

“Na sequência da acção, confirmou-se a recolha de indícios da prática de fraude no enchimento e na comercialização de botijas de gás butano/propano com gás GPL”, é referido.

PUBLICIDADE

De acordo com a ASAE, detectou-se também que não estavam cumpridos os procedimentos necessários face ao risco associado ao manuseamento e ao armazenamento do produto em causa.

Durante a acção foram apreendidas cerca de cem botijas de gás de capacidades diversas (45 quilos, 13 quilos e dois quilos) e os respectivos adaptadores, cinco ‘pen drives’ e documentação variada, num valor total aproximado de 3.400 euros.

A acção contou com a colaboração da Entidade Nacional para o Sector Energético (ENSE).

PUBLICIDADE
Leia também...

Salvador, Bebé do Ano em Santarém, recebe cheque-prenda do Correio do Ribatejo/Sonae

Salvador da Silva Carlota foi o primeiro bebé a nascer no dia…

João Manzarra apela à adopção de cães abandonados em Santarém

João Manzarra, conhecido apresentador de televisão, esteve esta sexta-feira, 15 de Novembro,…

Estatuto do Antigo Combatente assegura um “tardio, mas justo reconhecimento”

O parlamento aprovou, no passado dia 23, o Estatuto do Antigo Combatente,…

Empresário de Santarém é o mandatário nacional da candidatura de André Ventura às presidenciais

Rui Paulo Sousa, o empresário de Santarém de 53 anos, vai ser…