A Câmara Municipal do Cartaxo associou-se à campanha nacional que a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) lança ontem, dia 7 de Outubro e vai decorrer até dia 13 de Outubro sob o lema “Fátima segura, depende de todos”.

A campanha é constituída por um conjunto de mensagens de alerta e tem como objectivo alertar condutores e peregrinos para a necessidade de todos adoptarem comportamentos seguros, de forma a garantir uma coexistência sem acidentes nas estradas.
O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, João Ferreira Heitor, justificou a adesão da autarquia à campanha por “sermos um concelho que integra os Caminhos de Fátima. Muitos peregrinos cruzam o nosso território a caminho do Santuário”. “A segurança de quem escolhe percorrer este caminho de fé, reside, muitas vezes, em pequenos gestos, em comportamentos simples ou cuidados que demoram poucos segundos, mas podem fazer a diferença para toda a vida de uma pessoa, seja peregrino, seja condutor”, afirmou o autarca.

O presidente da Câmara Municipal informou ainda que o Serviço Municipal de Proteção Civil e os Bombeiros Municipais “estão ao serviço dos peregrinos, como é habitual ao longo de todo o ano, mas em especial neste período em que mais crentes percorrem os Caminhos de Fátima”, referindo-se ao período de peregrinação que precede a celebração do dia 13 de Outubro.

A campanha faz recomendações simples e muito concretas a peregrinos e a condutores, chamando a atenção para a necessidade de todos protegerem ao máximo as pessoas mais vulneráveis que percorrem o caminho até ao Santuário de Fátima.

Os peregrinos devem:

* Caminhar pelos passeios ou, na sua ausência, pelas bermas, o mais próximo possível das casas e o mais afastado da via de trânsito;
* Caminhar no sentido contrário ao do trânsito, de frente para os veículos;
* Utilizar roupas claras e coletes reflectores, mesmo durante o dia;
* Caminhar em fila única;
* Atravessar nas passagens para peões e, quando tal não for possível, escolher um local com boa visibilidade;
* Fazer pausas para descansar. O cansaço diminui as capacidades físicas e de percepção. Prejudica a vigilância, a atenção e a reacção, muito importantes para quem anda na estrada; e
* Utilizar calçado confortável e garantir a hidratação.
Os condutores devem:
* Moderar a velocidade: a 30Km/h, a probabilidade de um atropelamento resultar em morte é de 10%. A 50Km/h, essa probabilidade dispara para os 80%;
* Redobrar a atenção, prevenindo a eventual distração de um/a peregrino/a;
* Ter especial cuidado com crianças e idosos;
*  Circular com os médios acesos, em especial na passagem por locais em que seja provável a presença de peregrinos.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Médico detido por abuso sexual de menores

Um homem de 27 anos foi detido esta manhã no Bairro de…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.