Este ano convidaram-me para um Carnaval Online Streaming Zoom da APA. Era a Gala Carnavalesca 2021 e fui mascarado de Rio Tejo. Uma boa ideia. Ninguém estava disfarçado de ambiente, e por isso dei muito nas vistas. Era um ambiente digital com pessoas digitais, mas tão bem feito que parecia real. Todos digitalizados e mascarados com FFP2.

Arranjei uns quilos de lixo, uns litros de óleo, alguns fertilizantes, pó de Almaraz, espinha de peixe, pasta de papel, fezes de porco preto, e deitei tudo na cabeça para ficar escorrendo por mim abaixo.

Ninguém me conheceu. Cheirava tão mal e tinha tão mau aspecto que até o representante da Quercus se afastou com vómitos. Jurou que nunca mais comeria fataça na telha !

Num concurso de más caras levei uma caveira para meter medo. Era assim um Rio Tejo de morte. Assustei toda a gente. Até o Ministro do Ambiente fugiu com medo. Sim. Ele também lá estava. Estava disfarçado de ministro! Até parecia um ministro a sério…

PUBLICIDADE

Digam lá se não foi uma ideia original. Eu achei o máximo! Ah, e levei também o corpo ornamentado com jacintos para dar um ar de natureza verde aquática, sem oxigénio e sem peixes.

Ganhei o prémio de “Melhor Mascarado”. Estou tão feliz que agora vou correr pelos campos da lezíria e mijar nas culturas. Adoro fazer isso ao ar livre. Arroz, vinhas e melões são as minhas preferidas para a rega mictórica.

Na Gala Carnavalesca da Agência Portuguesa do Ambiente, desfilei pela passadeira vermelha, e acredito que venha a ser nomeado para o troféu “proTEJO”.

Parece que já me estou a ver na televisão com um

ar lindo consolado”!

In: ‘Correio do Ribatejo’ de 19 de Fevereiro de 2021

PUBLICIDADE
Leia também...

40 graus à sombra

Está um calor do caraças! “Do caraças” é uma expressão idiomática que…

25 ‘Chonices’ – In Memoriam

Em homenagem a Carlos Oliveira, colaborador deste Jornal de há longa data,…

Se calhar vou preso

Por esta é que eu não esperava! O escritor industrial José Rodrigues…

A extinção das espécies

As moscas seduzem os moscos e zum, zum, zum… zum, zum, zum!…