O Município da Chamusca lançou esta semana uma nova campanha de sensibilização da população para o combate à pandemia Covid-19. Sob o slogan “A Covid-19 mata!”, a nova campanha assume-se como um alerta sério e impactante sobre os efeitos devastadores da pandemia na saúde pública e para a elevada mortalidade e propagação da infecção pela população, com efeitos muito fortes também no concelho da Chamusca.

Com recurso a imagens de doentes hospitalizados com Covid-19, a campanha é materializada através da colocação de outdoors à entrada das principais localidades do concelho da Chamusca, onde se podem ler a mensagem “A Covid-19 mata!” em fundo negro, e  que também recorda à população quais são as cinco medidas essenciais para a mitigação da pandemia: uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento físico, etiqueta respiratória e uso da APP Stayaway Covid.

Além dos suportes físicos, a campanha recorre às plataformas digitais do Município, nomeadamente, na área do site institucional dedicada à Covid-19 (https://www.cm-chamusca.pt/covid19estamoson), na página oficial de Facebook (www.facebook.com/chamusca), no Instagram (www.instagram.com/municipiodachamusca), e ainda nos muppies digitais existentes na Vila da Chamusca.

PUBLICIDADE

A campanha terá também uma componente de informação directa à população, através do envio de mailing para as caixas de correio de todos os agregados familiares do concelho, no formato de “Cartas Curtas – Da Charneca à Lezíria” onde se explicam as novas medidas em vigor e onde se reproduz a mensagem da nova campanha.

Por outro lado, o Município fez a revisão do Plano Interno de Contingência Municipal Covid-19, dando continuidade e reforçando medidas de salvaguarda da saúde pública da população e dos funcionários da autarquia, nomeadamente: – Horários de trabalho desfasados (com rotatividade), teletrabalho e alterações do local de trabalho (medidas já implementadas com sucesso antes desta renovação do Estado de Emergência); – O atendimento ao munícipe é feito preferencialmente à distância, com recurso a meios digitais (e-mail: geral@cm-chamusca), telefonicamente (249 769 102 – WhatsApp 966 328 986) ou videochamada (atendimento.publico@cm-chamusca.pt<mailto:atendimento.publico@cm-chamusca.pt>); – O atendimento presencial é feito exclusivamente por marcação prévia através dos meios anteriormente referidos; o atendimento presencial é reservado a situações inadiáveis ou para serviços de tesouraria; – Definição de circuitos de acesso aos locais de trabalho e proibição de permanência de funcionários noutros locais que não sejam os seus de origem; – Haverá lugar à medição da temperatura corporal à entrada do edifício dos Paços do Concelho em situações de atendimento presencial, com reserva da identidade da pessoa, mas com a possibilidade de impedir o seu acesso caso se registe uma temperatura de 37,5 ºC; – É apenas permitida a permanência de 1 (uma) pessoa, para além dos funcionários, no interior do edifício dos Paços do Concelho e no Serviço de Ação Social; – O cemitério municipal mantém-se aberto, mas com a proibição de permanência de mais de 50 pessoas em simultâneo;

Esta nova fase de combate à pandemia traz necessariamente custos sociais, económicos, pessoais e psicológicos para todos e a autarquia reforçou, há poucas semanas e em devido tempo, o apoio às IPSS do concelho na implementação de medidas de combate à pandemia.

Foram criadas equipas de desinfecção e foi adquirido todo o equipamento necessário para a descontaminação de espaços públicos ou de frequência pública. Foi ainda criado o Fundo de Emergência Municipal – Famílias para apoiar os agregados familiares mais afectados pela pandemia no pagamento das suas despesas mensais regulares. Os serviços de Acção Social estão a trabalhar em estreita parceria com a rede social concelhia para identificar casos de maior necessidade, como é o seu papel e missão desde sempre.

Na área da educação, e agora com responsabilidades acrescidas após a transferência da gestão da Escola EB 2,3 e Secundária para a esfera da autarquia, estão a ser tomadas todas as medidas de higienização dos espaços e de reforço das medidas de protecção.

O Município da Chamusca reforça a importância dos comportamentos individuais e colectivos e de cumprir escrupulosamente as novas medidas gerais implementadas em todo o País, assim como de seguir as medidas mais específicas que definimos para a esfera de actuação do Município.

“Serão duas semanas exigentes para todos, sobretudo para aqueles que se vêm obrigados a parar a sua actividade económica. É essencial reduzir rapidamente o contágio, prosseguir com plano de vacinação e garantir que, nesta crise, ninguém é deixado para trás. Estamos todos a viver tempos duros e bastante exigentes, mas juntos conseguiremos superar as dificuldades”, afirma o presidente da Camara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado.

PUBLICIDADE
Leia também...

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…

Morreu Asdrúbal, figura de Santarém

Asdrúbal, figura icónica e popular de Santarém, faleceu na madrugada deste domingo,…

Condutor não respeita ordem de paragem e foge durante 25 km à GNR

Um homem de 31 anos foi detido e aguarda julgamento em prisão…