O Clube de Canoagem Scalabitano realizou a Assembleia Geral onde foram apresentadas as contas do biénio 2019/2020 e eleitos os novos órgãos sociais para o biénio 2021/2023, no passado dia 27 de Novembro, na sede do clube.

Foram apresentadas as contas de gerência até ao momento e o plano de investimento realizado no Biénio 2019/21, com os sócios a validar todo o trabalho de direcção cessante, pela sua dedicação e empenho em prol do clube, atletas e da sua comunidade. Foi ainda deixada uma saudação aos elementos que cessantes pela sua participação nos órgãos sociais do clube e pelo seu envolvimento neste movimento associativo.

No acto eleitoral, foi eleita para o Biénio 21/23, por maioria absoluta, a lista encabeçada pelo presidente Celso Pereira.

Direcção – Presidente: Celso Pereira, 1º Vice Presidente: Júlio Venâncio, 2º Vice Presidente: Mário Figueiredo, Tesoureiro: Fausto Ferreira, Secretária Geral: Cláudia Santos, 1ª Secretária: Flávia Santos, Vogal: Pedro Coelho, Vogal: Paulo Rosado, Vogal: Tiago Marmelo, Vogal: Sílvia Batista, Vogal: Lurdes Ferreira e Suplente: António Costa.

Os novos membros que aceitaram este desafio foram: Paulo Rosado (Vogal) , Fausto Ferreira (Tesoureiro), Flávia Vieira de Sá (1ª Secretária), Lurdes Ferreira (Vogal), José Cardoso (VP Conselho Fiscal), Cláudia Pereira (Secretária Assembleia Geral), Diogo Maia (Presidente Conselho Geral) e Samuel Cordeiro (VP Conselho Geral).

No dia 3 de Dezembro, O Clube de Canoagem Scalabitano completou 30 anos de existência. O CC Scalabitano nasceu de uma necessidade e de um sonho do seu Fundador José Maurício, necessidade de dar uma resposta sócio-desportiva à comunidade da Ribeira de Santarém, bem como da nossa cidade, através da prática desportiva da canoagem, onde alguns jovens que não tendo ocupação se refugiavam nas vicissitudes da altura, que ainda hoje se manifestam de modo diferente, força da sociedade actual.

O CC Scalabitano veio dar uma resposta desportiva, trazer uma ocupação e um sentido de pertença aos jovens menos envolvidos socialmente. O Scalabitano não só continua a incentivar a prática desportiva para os jovens, como para toda a comunidade em geral, nomeadamente para atletas de desporto adaptado como a nossa Marta Francisco, portadora de trissomia 21, bem como os protocolos desenvolvidos com a APPACM, Lar das Raparigas, Lar dos Rapazes, AGIR +, entre outras associações na promoção de experiências significativas e de um estilo de vida saudável.

“A actual direcção deixa um bem-haja a todos os que, nos anos que precederam a 1991, se reuniram e envolveram e tornando o Clube naquilo que é hoje: com umas instalações dignas, com equipamento competitivo para todos os atletas, com uma resposta desportiva e social, com um empenhamento sério e responsável dos nossos técnicos, atletas, pais e do grupo dos Lontras (atletas da área do lazer). Ao longo dos anos nem sempre tivemos os melhores resultados, nem sempre superámos os nossos desafios ou concretizámos os nossos objectivos, essas são as condicionantes do associativismo, houve sempre um compromisso altruísta característico de quem se entrega a estas causas!”, refere um comunicado a que o Correio do Ribatejo teve acesso.

“Este foi o caminho que nos trouxe até aqui hoje, e esse é o caminho de aprendizagem, da resiliência, da dedicação, perseverança e disciplina, que nos tem levado a superar a adversidade. Tentamos transmitir aos nossos atletas, que a receita para o sucesso advém dessas mesmas características que identificamos nos nossos campeões, procuramos formar jovens desportistas e acima de tudo futuros homens e mulheres. Tivemos e continuamos a ter, dirigentes, lideres, homens e mulheres que abnegadamente se entregam à causa e que nos dão a sua experiência de vida, o seu tempo e a sua dedicação”, adianta a mesma nota

“Mas nada do que se constrói seria possível sem a visão pela qual sempre nos pautámos, Juntos Somos Mais Fortes e Juntos Vamos Mais Longe! O conjunto de entidades e parceiros que têm acreditado em nós, as pequenas e grandes empresas, as várias instituições, o nosso Município e União de Freguesias, o IPDJ, o Agrupamento de Escolas Sá da bandeira através do Desporto Escolar e do Centro de Formação Desportiva e não podia deixar de ser, a Federação Portuguesa de Canoagem”, conclui.

Leia também...

Atleta do Santarém Basket Clube morre aos 13 anos de idade

Henrique Francisco, atleta do Santarém Basket Clube, faleceu no passado domingo, 11…

Atleta do Vale de Santarém assina contrato profissional com o SL Benfica

Henrique Sá iniciou o seu percurso desportivo no SL Cartaxo.

Par de Santarém conquista recorde para Portugal no Campeonato do Mundo das 10Danças

O par Francisco Ramos & Leonor Gonçalves conquistou o 13º lugar na…

Benfica do Ribatejo incrédulo com decisão da Associação de Futebol de Santarém

O Grupo Desportivo de Benfica do Ribatejo está incrédulo com a resposta…