Clubes de futebol da região podem vir a ter mais apoio financeiro

A Associação de Futebol de Santarém (AFS) aprovou recentemente um programa de medidas excepcionais de apoio aos clubes da região e admite novas medidas de apoio aos clubes consoante a evolução da pandemia. Para já, o que a AFS vai implementar no início da época 2020/2021 é conjunto de redução nas taxas e serviços cobrados aos clubes associados.

O organismo aprovou uma redução de 100 por cento na quota de filiação e de 30 por cento nas inscrições de jogadores, inscrição nas diversas provas e nas emissões de cartões de jogadores. Os prémios e seguro dos atletas e dirigentes, contratados em 2019/2020 via AFS, terão também um apoio de 27,5 por cento.

Estes apoios só podem ser usados pelos clubes que tem a sua situação financeira regularizada com a AFS, algo que vem acontecendo ao longo dos anos na instituição e sem espaço a excepções, apesar de a AFS ter abertura para delinear planos de pagamento até ao final do ano.

PUBLICIDADE

Francisco Jerónimo, presidente da AFS, fez saber que os clubes da região poderão vir a usufruir de novos apoios, que devem ser distribuídos a partir de linha de crédito da Federação Portuguesa de Futebol.

Os clubes associados da AFS estão ainda a receber um programa de apoio à modernização de infra-estruturas e aquisição de equipamentos informáticos, que tem tido grande adesão.

Ao nível da formação, o dirigente deu conta que o projecto do futebol 9 deve mesmo avançar na próxima temporada.

PUBLICIDADE

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS