‘ Oratório de Noël’ é o duplo concerto de natal que o Conservatório de Música de Santarém e a Associação Concórdia Música do Entroncamento vão promover em conjunto nas cidades do Entroncamento e Santarém neste mês de Dezembro.

As duas associações musicais, que estabeleceram uma parceria em 2019 e levaram a cabo o primeiro projecto conjunto, que irão apresentar será o ‘Oratório de Noël’ de Camille Saint-Saëns, uma obra coral sinfónica com coro, cordas, harpa e órgão, sendo uma peça adequada ao contexto pandémico actual.

A obra será apresentada, no dia 18 de Dezembro, pelas 21h00, no Cine Teatro S. João no Entroncamento e na Sé Catedral de Santarém, pelas 18h00, do dia 19 de Dezembro.

Nos dois palcos, o espectáculo conta com a actuação de cerca de 70 artistas entre músicos e cantantes.

A direcção musical está a cargo do maestro Pedro Correia, professor nas duas instituições, que explicou em conferência de imprensa que esta é uma obra com “dez andamentos, quinteto de solistas e coro”.

O professor de música refere que esta é um “obra bonita, suave e muito agradável de se ouvir, devido à sua escrita em si e também devido ao ambiente natalício”.

Beatriz Martinho, presidente do Conservatório de Música de Santarém, explica que esta parceria com a Concórdia Música “é muito importante” e que, depois de um interregno de praticamente dois anos, irá trazer uma “amálgama de afectos” a todos os participantes e público.

A dirigente recordou ainda que o concerto irá respeitar todas as normas da DGS que sejam implementadas até três dias antes da realização dos concertos.

Já Fernando Soares, da Concórdia Música, garante que a parceria iniciada há dois anos “constituiu um êxito” e que resulta de “uma coincidência feliz do maestro Pedro Correia ser simultaneamente ser professor do Conservatório de Santarém e maestro da Concórdia”.

O ‘Oratório de Noël’, de Camille Saint-Saëns, também conhecido como seu Oratório de Natal , é uma obra semelhante a uma cantata, composta para solistas, coro, órgão, cordas e harpa. Enquanto era organista em La Madeleine , Saint-Saëns escreveu o oratório de Natal em menos de duas semanas, completando-o dez dias antes de sua estreia no Natal de 1858. A partitura vocal deste oratório foi preparada posteriormente pelo compositor e organista Eugene Gigout , um colega de Saint-Saëns.

Leia também...

A herdade no Alviela e o pergaminho que ia para o lixo

Pergaminho do século XII salvo do lixo em Vale de Figueira.

Lenda da Sopa da Pedra chega às crianças de todo o mundo através da Expo 2020 Dubai

A lenda da Sopa da Pedra, prato típico de Almeirim, foi incluída…

Associação ‘Praça Maior’ fecha gestão da Praça de Touros ‘Celestino Graça’ com sentido de missão cumprida

A Associação “Praça Maior”, responsável pela organização das corridas de toiros na…

Gilberto Gil dá concerto com Adriana Calcanhotto em Santarém

A 7 de Novembro.