Criadas 160 novas empresas em Janeiro no distrito de Santarém

160 empresas foram constituídas no passado mês de Janeiro no distrito de Santarém. Uma diminuição do número de firmas constituídas, relativamente a 2019, uma vez que em Janeiro do ano passado foram criadas 193 empresas.

Santarém é o concelho com mais empresas registadas no primeiro mês deste ano, tendo sido constituídas 25 firmas (menos 10 do que em Janeiro do ano passado). Ourém é o 2.º concelho com 19 empresas criadas (menos 6 empresas do que em Janeiro de 2019), seguindo-se Benavente (18), Tomar (15), Entroncamento (13), Cartaxo (10), Rio Maior (9), Almeirim e Torres Novas (8), Abrantes e Salvaterra de Magos (6), Chamusca e Coruche (5), Alcanena, Golegã, Mação, Barquinha e Sardoal (2), Alpiarça, Constância e Ferreira do Zêzere (1).

Por sectores, o maior número de empresas criadas pertence ao Comércio a retalho, com 16 empresas, seguindo-se as actividades de angariação imobiliária, com 9 firmas, e “outras actividades de consultoria para os negócios e gestão” com 7 sociedades. Os sectores do Comércio por grosso, do Transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros, e os Restaurantes tipo tradicional registaram 6 empresas cada. A construção de edifícios (residenciais e não residenciais) e as actividades  de medicina dentária e odontologia registaram 5 firmas cada.

Seguem-se as actividades de abate de gado (produção de carne), transportes rodoviários de mercadorias, turismo no espaço rural, actividades de consultoria em informática, actividades de contabilidade e auditoria, consultoria fiscal, actividades de design, outras actividades de limpeza em edifícios e em equipamentos industriais, actividades de apoio social para pessoas idosas, com alojamento, cada uma com 4 empresas criadas.

Registe-se ainda que 109 empresas foram criadas por homens (68%), e  51 das empresas criadas são geridas por mulheres.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS