O Ministério da Administração Interna atribuiu a Medalha de Mérito de Protecção e Socorro, no grau cobre e distintivo laranja, ao ex-comandante dos Bombeiros Voluntários de Almeirim, José Alberto Almeida Vitorino.

O operacional dedicou mais de 40 anos à causa da protecção e do socorro, 34 dos quais no desempenho das funções de comandante dos Bombeiros Voluntários de Almeirim, dos Bombeiros Municipais de Santarém e dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos, tendo ainda sido inspector distrital de Bombeiros de Castelo Branco.

“Ao longo deste período, o comandante José Alberto demonstrou sempre excepcional zelo no cumprimento dos seus deveres, impondo ao seu trabalho elevados padrões de qualidade, com evidente reflexo na actividade dos corpos de bombeiros que comandou e nas actividades de protecção civil, nomeadamente nas funções que lhe foram conferidas no Comando Nacional de Operações de Socorro, onde desempenhou funções durante vários anos, tendo colocado ao serviço das mesmas um alto sentido de responsabilidade e dedicação, garantindo desta forma uma capacidade de resposta oportuna e de qualidade, em todas as intervenções no âmbito do SIOPS”, refere o Despacho publicado ontem, dia 26, em Diário da República e assinado pelo Ministro da Administração Interna, José Luís Pereira Carneiro.

“Altamente profissional, metódico e rigoroso, dotado de um elevado espírito de missão, e de excepcionais capacidades de liderança, soube sempre o comandante José Alberto granjear dos seus pares e dos seus comandados um elevado reconhecimento pelo sentido de missão e competência, que sempre colocou em todos os actos de serviço, demonstrando sempre uma capacidade de análise digna de realce, o que aliado a um elevado dinamismo, eficiência e liderança nas inúmeras solicitações operacionais, lhe permitiu tomar decisões e apresentar com oportunidade propostas adequadas e fundamentadas para os inúmeros e por vezes complexos problemas a resolver, sendo por isso um exemplo na prossecução dos objectivos da protecção civil nomeadamente na salvaguarda de pessoas e bens”, pode ainda ler-se no documento.

“Por tudo o que foi dito anteriormente, pelas excepcionais qualidades, virtudes profissionais e humanas que possui, pela afirmação constante de elevados dotes de carácter, lealdade, abnegação, espírito de sacrifício e competência profissional, bem como, pelo extraordinário zelo colocado em todos os actos de serviço, o comandante José Alberto é digno de ser apontado como sendo um exemplo a seguir, dando-se pública nota de que os serviços por si prestados sejam considerados relevantes e de elevado mérito, deles tendo resultado prestígio e honra para os bombeiros e para a protecção civil”, conclui.

Leia também...

Músico dos Santos & Pecadores morre vítima de acidente de trabalho em Tremez

Rui Martins, um dos músicos da banda Santos & Pecadores, morreu na…

Alterações ao Código da Estrada entram em vigor amanhã com multas agravadas

As alterações ao Código da Estrada aprovadas em Novembro entram na sexta-feira,…

PSP apreende mais de 250 de aves na Avisan

Levantados três autos de contra-ordenação.

Homem morre esmagado em acidente de trabalho em Alpiarça

Um homem morreu num acidente de trabalho, esmagado por uma máquina de…