Ex-deputado por Santarém é candidato à liderança do CDS-PP

O ex-deputado centrista Filipe Lobo d’Ávila, do grupo “Juntos pelo Futuro”, confirmou que será candidato à liderança do CDS-PP no congresso de Janeiro de 2020, numa publicação no Facebook.

A dois meses do congresso da sucessão de Assunção Cristas, que anunciou a sua saída da liderança na noite das legislativas de 6 de Outubro, Lobo d’Ávila, que foi eleito deputado pelo círculo eleitoral de Santarém, confirma que também levará a sua moção ao congresso e prometeu que será consequente.

“Se a moção for a mais votada serei consequente e apresentarei listas a todos os órgãos nacionais, incluindo naturalmente a presidente do CDS. É também certo que nunca serei candidato com uma moção de outros. É nessas circunstâncias que sou candidato”, lê-se no mural do antigo secretário de Estado.

Filipe Lobo d’Ávila será o quarto a entrar na corrida à sucessão de Cristas, depois de Abel Matos Santos, da Tendência Esperança em Movimento (TEM), de Carlos Meira, ex-líder da concelhia de Viana do Castelo, e do deputado João Almeida, que anunciou a sua candidatura no sábado.

Há ainda outro potencial candidato, Francisco Rodrigues dos Santos, líder da Juventude Popular (JP), que também anunciou uma moção de estratégia e também admite concorrer.

PARTILHE COM OS SEUS AMIGOS